Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

18 Setembro de 2016 | 17h57 - Actualizado em 18 Setembro de 2016 | 17h57

Futebol: Golo de Kémbua aos 90 minutos devolve confiança ao Desportivo da Huíla

Lubango - Um golo de cabeça do avançado Kémbua, aos 90 minutos, deu três "preciosos" pontos aos Desportivo da Huíla, que venceu o Benfica de Luanda pela margem mínima (1-0), em jogo da 24ª jornada do Girabola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Desportivo da Huíla vence

Foto: Saturnino Tomás (arquivo)

Num jogo fraco, do ponto de vista de jogadas vistosas, as duas esquipas apresentaram-se muito cautelosas, nalguns casos com algum exagero, sobretudo por parte da equipa visitante que optou por queima de tempo, uma clara demonstração de querer sair do Lubango com um empate.

O Desportivo da Huíla queixou-se ainda de um penalti não assinado aos dois minutos, quando Nandinho chutou e Gomito colocou mão à bola, mas Maximina Bernardo não assinalou.

O jogo terminou empatado a zero nos primeiros 45 minutos. Ao reactar, ambas equipas técnicas operaram mexidas, mas nada se alterou em termos de qualidade e parecia que tudo ia ficar pelo “nulo”.

Apesar de um aparente equilíbrio, o Desportivo da Huíla teve maior domínio, chegou mais avezes à baliza adversária, tendo sido premiado aos exactos 90 minutos, depois de um cruzamento de Cassinda, numa rotação pouco característica, com um golpe de cabeça, Kémbua atirou para o fundo da malha de Fernando, deixando desesperado o banco do Benfica.

Com esta vitória, a equipa da Huíla passa a somar 26 pontos, subiu um lugar, agora na 12ª posição, e deu um importante passo da fuga à despromoção. Na próxima jornada volta a jogar em casa, desta feita diante do 1º de Agosto, já que na primeira volta, a pedido da sua direcção, jogou em Luanda.

Leia também