Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

07 Junho de 2017 | 00h22 - Actualizado em 09 Junho de 2017 | 09h46

Futebol: Caála e Cardeau rescindem contrato por mútuo acordo

Huambo - O Recreativo da Caála e o treinador Carlos Alberto Cardeau rescindiram hoje, terça-feira, por mútuo acordo, o contrato de trabalho, que expiraria em Novembro próximo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo: Alberto Cardeau - Treinador do Recreativo da Caála

Foto: Valentino Yequenha

A direcção do clube informa, numa nota a que Angop teve acesso, que o motivo desta decisão foram as incompatibilidades registadas desde que o treinador foi contratado, em 2016.

De 52 anos de idade, Carlos Alberto Cardeau, que sucedeu no cargo Hélder Teixeira, deixa a equipa na 7ª posição, com 23 pontos, mercê de sete vitórias e dois empates, em 15 jogos.

Com mais esta demissão, eleva-se para nove, na presente época futebolista, o número de treinadores que abandonaram os cargos, nomeadamente João Pintar (Bravos do Maquis), Paulo Figueiredo (Progresso da Lunda Sul), António Alegre (Académica do Lobito), Hélder Teixeira (1º de Maio), Sérgio Traguil (Santa Rita de Cássia) e João Machado (ASA).

A estes juntam-se Agostinho Tramagal (JGM) e Filipe Moreira (Interclube), que deixaram as respectivas equipas antes da ronda inaugural da competição, que tem como líder o Petro de Luanda, com 33 pontos, e o Santa Rita de Cássia, com sete, na última posição.

Assuntos Futebol   Província » Huambo  

Leia também