Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

13 Setembro de 2017 | 22h28 - Actualizado em 13 Setembro de 2017 | 22h27

Andebol: Cadetes angolanas somam segunda vitória

Abidjan - Depois da sua vitória na primeira jornada do campeonato de África das Nações de Cadetes sobre RDC, seguida da folga, terça-feira, Angola venceu hoje (quarta-feira) a Argélia, por 36 -18.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

As argelinas foram as primeiras a inaugurar o marcador logo no primeiro minuto, e no segundo, as angolanas levaram o marcador a igualdade, 2/2 bolas seguida de marcação de mais 3 tentos, que permitiram somar 5 golos perante uma adversaria admirativa mas que, depois de uma serie de sucessão de faltas e falhas das angolanas, as argelinas chegaram a empate a 5 golos ambas as equipas, situação esta que obrigou o técnico principal de solicitar tempo morto para aconselhar a sua equipa. Dai, as angolanas passaram a frente das operações técnica e tacticamente até ao intervalo que surpreendeu as duas equipas com o marcador indicar 16 /9 golos a favor da selecção angolana.

Quanto à segunda parte, ela não trouxe grandes mudanças que sejam técnico-tactica. As duas equipas exibiram um jogo bem engajado durante o qual cada uma delas procurava constantemente ultrapassar a sua adversária mas perante o realismo da selecção nacional angolana, as coisas não saíram como a adversária pretendia.

Do início da segunda parte até ao fim, as três grandes vedetas da turma argelina, Madani (8),Boulazreg (2) e Harouan (10), que tudo fizeram, não conseguiram anular as grandes acções angolanas que partiam da defesa para a linha dianteira onde, como sempre Beatriz Masseu na companhia da sua banda composta por Jualdina Pereira, Luzia Kiala, Kelvia , Ruth Dum e Rossana Mateus já não deixava a linha defensiva adversa respirar. Pressão sobre pressão, as argelinas deixaram-se dirigir no marcador que estava sob a obediência angolana, mercê do nível técnico-tactico bem alto do seu andebol.

E o apito final interveio quando o marcador indicava 36/18.

Um facto merece ser realçado, pois foi reconhecido de forma unânime junto dos amantes da bola de sete que, neste jogo Angola/Argélia, a guarda-redes angolana, foi uma das figuras mais dominantes, pois, conseguiu anular mais de dez tentos de penalidades e de remates surpreendentes da equipa argelina.

No segundo jogo desta terceira jornada, a equipa da Côte d’Ivoire sofreu uma humiliante derrota de 23 /8 frente ao Egipto.

Resultados da segunda jornada disputada ontem terça-feira:

RDC / ARGELIA: 26 / 20

TUNISIA / CÔTE d’IVOIRE: 41 / 28

EGIPTO / SENEGAL: 33 / 17

Assuntos Andebol  

Leia também