Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

31 Dezembro de 2018 | 08h59 - Actualizado em 31 Dezembro de 2018 | 08h56

Retrospectiva2018: Andebol reforça hegemonia

Luanda - Sem igual, o andebol feminino reforçou este ano a hegemonia em África, com a conquista de mais um título, elevando para 13 o leque de troféus erguidos desde 1998. Em 20 anos, apenas em três ocasiões o país falhou o "caneco".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Seleção Nacional de Andebol vence Campeonato Africano

Foto: Foto - cedida

(Por Walter dos Reis)

A caminhada triunfante das pérolas africanas foi interrompida apenas em 1991, pela Nigéria, em 1996, pela Côte d'Ivoire, e em 2014, pela Tunísia.

A recente conquista da Taça das Nações, em Brazzaville, foi espectacular. A final com o Senegal começou atípica. Em 15 minutos de jogo, Angola perdia por 1-9, chegando ao intervalo em desvantagem de três golos (7-10).

Foi no reatamento que Bá, Azenaide Carlos, Cailo, Kassoma e companhia protagonizaram uma das mais emocionantes vitórias na fase final de um CAN, com triunfo de 19-14. Na etapa final marcaram 12 golos, contra apenas 4 das adversárias.

A Pivô Albertina Cassoma foi eleita a MVP do CAN e integrou o sete ideal, do qual fazem, também, parte a capitã Isabel Guialo e a sub-capitã Azenaide Carlos.

Ainda no sector feminino, o Petro de Luanda conquistou o Campeonato Nacional, a Supertaça Francisco de Almeida e a Taça dos Clubes vencedores das Taças, enquanto o 1º de Agosto venceu a Taça dos Clubes Campeões Africanos, o Campeonato Provincial de Luanda e a Taça de Angola.

Na classe masculina, o ano fica marcado pela ausência nas competições africanas do 1º de Agosto e Interclube, alegadamente por questões financeiras.

A diplomacia também funcionou neste ano de 2018. A Federação Angolana foi distinguida como a melhor de África, pela Federação Internacional, durante o seu Congresso, realizado na Tunísia.

Assuntos Andebol   Angola  

Leia também
  • 30/01/2019 18:13:54

    Andebol: Técnico do Petro culpa arbitragem pela derrota

    Lubango - O técnico principal da equipa do Petro de Luanda em andebol júnior feminino, Luís Chave, culpabilizou hoje, na cidade do Lubango, a equipa de arbitragem pela derrota 15-25, diante do 1º de Agosto, na final do nacional da categoria, decorrida no pavilhão Nossa Senhora do Monte.

  • 30/01/2019 18:02:20

    Andebol: Defesa dita resultado na final do nacional junior - José Chuma

    Lubango - O técnico principal da equipa júnior feminina de andebol do 1º de Agosto, José Chuma, atribuiu hoje, no Lubango, à acutilância da defesa o mérito do resultado de 25 -15 sobre o Petro de Luanda, na final do campeonato nacional da modalidade.

  • 30/01/2019 13:30:39

    Andebol: Masseu carrega D'Agosto ao título

    Lubango - Com sete golos da ponta Beatriz Masseu, o 1º de Agosto conquistou nesta quarta-feira, no Lubango, província da Huíla, o 39º Campeonato Nacional de andebol júnior feminino, com vitória sobre o Petro de Luanda, por 21-15.

  • 30/01/2019 10:46:27

    Andebol: Interclube conquista nacional júnior

    Lubango - O Interclube sagrou-se hoje, quarta-feira, campeão nacional de andebol em júnior masculino, ao vencer o GD Renascimento, por 26-24, num jogo que começou terça-feira, mas interrompido por um corte de energia elétrica no pavilhão da Senhora do Monte, no Lubango, Huíla.