Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

06 Dezembro de 2018 | 19h40 - Actualizado em 07 Dezembro de 2018 | 08h01

Voleibol cativa novos praticantes na Huíla

Lubango - O voleibol está a despertar o interesse de novos praticantes, sobretudo estudantes em fase de férias, apesar da falta de material desportivo como redes e bolas. Há jogos, sobretudo ao fim-de-semana, nos pavilhões da cidade do Lubango.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jogo de voleibol feminino (arquivo)

Foto: Rosário Miranda

A constatação é do presidente da associação provincial da modalidade, Henrique Gama, em entrevista esta quinta-feira à Angop, na cidade do Lubango (Huíla), sobre o estado da modalidade.

Afirmou existirem localmente quatro clubes com oito equipas, em ambos os sexos, designadamente, Estrelas do Palácio, Atlético Amigos do Voleibol, Asa-Sport e Sporting do Lubango.

Sem avançar números, admitiu que a crise económica fez com que algumas agremiações erradicassem a modalidade, existindo o risco de outras seguirem o mesmo caminho.

Ainda assim, considerou “bom” a adesão nos últimos tempos, acrescentando serem os escalões de juniores e seniores os mais concorridos.

Sublinhou que, a excepção do Sporting, os restantes clubes não têm um recinto próprio, socorrendo-se de quadras escolares, na maior parte sem condições adequadas.

Quanto ao material desportivo, considerou ser outro problema, por não estar disponível no mercado local, acrescentando que algumas colectividades adquirem-no a partir da República da Namíbia e em Portugal.

“No mercado nacional existe apenas bolas de fraca qualidade e a preços elevados”, justificou.

Sobre a formação de técnicos, explicou que na maior parte dos casos era a federação que promovia cursos de superação.

Como alternativa, neste aspecto (formação), conta-se com a colaboração do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED-Huíla), que de forma “intermitente” trabalha com a associação local.

Acrescentou que o Sporting do Lubango tem realizado trimestralmente um “clínic” para treinadores internos.

 A modalidade na província, pós independência, remonta da década de 80 e teve o seu auge nos anos de 1986/1987, com participações do Benfica do Lubango em provas nacionais.

Leia também
  • 02/02/2019 18:58:54

    Girabola2018/19: Sagrada Esperança - D. Huila (Ficha técnica)

    Dundo - O Sagrada Esperança da Lunda Norte venceu neste sábado o Desportivo da Huíla por 2-1, em jogo da 15ª e última jornada da primeira volta do GirabolZap2018/19.

  • 30/01/2019 18:13:54

    Andebol: Técnico do Petro culpa arbitragem pela derrota

    Lubango - O técnico principal da equipa do Petro de Luanda em andebol júnior feminino, Luís Chave, culpabilizou hoje, na cidade do Lubango, a equipa de arbitragem pela derrota 15-25, diante do 1º de Agosto, na final do nacional da categoria, decorrida no pavilhão Nossa Senhora do Monte.

  • 30/01/2019 18:02:20

    Andebol: Defesa dita resultado na final do nacional junior - José Chuma

    Lubango - O técnico principal da equipa júnior feminina de andebol do 1º de Agosto, José Chuma, atribuiu hoje, no Lubango, à acutilância da defesa o mérito do resultado de 25 -15 sobre o Petro de Luanda, na final do campeonato nacional da modalidade.

  • 30/01/2019 13:30:39

    Andebol: Masseu carrega D'Agosto ao título

    Lubango - Com sete golos da ponta Beatriz Masseu, o 1º de Agosto conquistou nesta quarta-feira, no Lubango, província da Huíla, o 39º Campeonato Nacional de andebol júnior feminino, com vitória sobre o Petro de Luanda, por 21-15.