Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

30 Abril de 2018 | 13h23 - Actualizado em 30 Abril de 2018 | 13h22

Girabola2018: Jornada 13 confirma ascensão do campeão

Luanda - A dois pontos de alcançar o líder da prova (Interclube 23 pontos), o 1º de Agosto fez jus ao estatuto de campeão em título, tendo sido nota marcante dos desafios até então disputados na 13ª jornada do Girabola2018, pois ascendeu à segunda posição e tem ainda dois jogos em atraso.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1º de Agosto (arquivo)

Foto: Henri Celso

Domingo, os “militares” foram ao Estádio do 22 de Junho derrotar, a tangente, os “polícias”, com golo de Jacques, aos 60 minutos, confirmando a ascensão numa prova em que não perde desde a quarta jornada (única derrota frente a Académica do Lobito). 

O Interclube, após três jogos consecutivos sem perder, foi uma vez mais incapaz de evitar o desaire caseiro ante ao D’Agosto, que não perde há 16 anos no “22 de Junho”, estádio dos “polícias”.

Caso vença os restantes jogos, incluindo os em atraso, o 1º de Agosto isolar-se-á no topo da classificação, independentemente dos resultados que o Inter venha a obter nas duas últimas jornadas da primeira volta.

De resto, os polícias estão a atravessar uma fase de “testes sérios”, defrontando candidatos ao título, que poderá prognosticar as possibilidades de se manter no topo da classificação nesta corrida ao título. Após empatar com o Recreativo do Libolo (1-1), perdeu com o 1º de Agosto (0-1) e recebe, domingo, o Petro de Luanda, para a 14ª ronda.

No entanto, a ronda 13 abriu sábado com o Sagrada Esperança a perder, no seu reduto, diante do Recreativo do Libolo (1-2) e encerra esta tarde, quando se defrontarem Desportivo da Huíla – Petro de Luanda, no estádio do Ferrovia; e FC Bravos do Maquis - Académica do Lobito, no Mundunduleno.

Por sua vez, o Recreativo da Caála, depois de perder frente ao Bravos do Maquis (1-2) na jornada anterior (12ª), foi ao Bengo empatar 0-0 com o Domant FC, que na semana transacta perdeu (0-1) para o Petro.

Já o 1º de Maio de Benguela empatou na recepção ao Kabuscorp do Palanca (1-1), o segundo consecutivo, após 2-2 ante a Académica do Lobito, na última jornada.

O desafio ficou marcado com “duras críticas” à equipa de arbitragem, proferidas pelo técnico Agostinho Tramagal em função de a igualdade ser consentida já no tempo extra.

Noutro jogo de domingo, assistiu-se ao “roubo” de um ponto protagonizado pelo Sporting de Cabinda no empate a zero com o Progresso do Sambizanga, em Luanda, atrasando mais ainda os “sambilas” que vinham de uma derrota frente ao Kabuscorp (2-3). O Sporting de Cabinda ganhou na ronda 12 ao Cuando Cubango FC.

Assuntos Futebol  

Leia também