Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

17 Junho de 2018 | 23h31 - Actualizado em 17 Junho de 2018 | 23h29

Girabola2018: Campeão volta ceder pontos na segunda ronda

Luanda - O 1º de Agosto, campeão em título, voltou a ceder pontos este domingo, no estádio 11 de Novembro, em Luanda, ao empatar (0-0) com o 1º de Maio de Benguela, em partida de conclusão da 17ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da primeira divisão (Girabola2018).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Futebol: 1 de Agosto - 1º Maio

Foto: Henri Celso

Depois do empate a uma bola na última ronda diante do Progresso do Sambizanga, os “militares” voltaram a claudicar, desta, no seu próprio reduto.

Nos minutos iniciais, os "rubros e negros" tomaram a iniciativa do desafio com jogadas ensaiadas e transições rápidas, mas a falta de sorte, aliada alguma ansiedade, dificultava a eficácia na finalização.

A primeira situação de perigo dos militares surgiu aos 19 minutos, quando Geraldo, a actuar no flanco esquerdo, testou os reflexos do guarda-redes benguelense, com um remate cruzado para a defesa apertada de Richarde.

Depois do lance que colocaria os "rubros e negros" à frente do marcador, a equipa passou a acreditar na sua qualidade ofensiva. na sequência, Fofo assiste Jacques com cruzamento súbtil, mas o remate do avançado congolês passou sobre o travessão.

A dez minutos do intervalo, Geraldo voltou a contribuir para “onda” de falhanços dos agostinos. O tecnicista avançado desfez-se de um adversário e rematou forte para defesa de "recurso" de Richarde, que voltou a dar nas "vistas", aos 40 minutos da 1ª parte, ao desviar o esférico com "sêlo" de golo executado por Mongo, à entrada da grande área.

No reatar da partida, a equipa militar entrou mais acutilante, criando sucessivos perigos à baliza do adversário, como o forte remate de cabeça do capitão Dany Massunguna, aos 63', que atingiu o poste esquerdo da balisa de Richarde.

Antes do fim, num dia de pouca sorte para os militares, o recém-entrado Gogoró, que rendeu Fofo, protagonizou dois falhanços eminentes de golos, com realce para um remate ao poste direito da balisa adversária.

Com este resultado, os militares continuam na liderança, com 33 pontos, seguido do Petro de Luanda, com 29.

Leia também