Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

21 Julho de 2018 | 14h30 - Actualizado em 21 Julho de 2018 | 19h29

Amigos da Picada preparam Raid Internacional Angola/Kenya

Cabinda - Dezasseis motoqueiros, com suas máquinas de alta cilindrada( de 550 a 650 cc), filiados na Associação os Amigos da Picada, preparam mais um Raid Internacional por alguns países africanos num percurso de mais de 10 mil quilómetros até ao Kenya, passando por Zambia, Malawi e Tanzania.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cabinda: Amigos da Picada nova aventura para Raid Internacional Angola/Kenya

Foto: Pedro João

Júlio Silva, Motoqueiro do Time ´Amigos da Picada`

Foto: Cortesia de Pedro João

Em breves declarações à Angop, na sexta-feira, o motoqueiro Júlio Silva, que integra o Raid Internacional e residente na província de Cabinda, disse que este desafio tem um significado particular porque se leva o nome de Angola nos países onde se passa, naquilo que são as maravilhas do país e o seu desenvolvimento.

Visando preparar-se para o Raid rumo ao Kenya, com início previsto para o dia 12 de Agosto, Júlio Silva seguiu, na sexta-feira, em viagem, tendo partido da cidade de Cabinda para as províncias da República do Congo, nomeadamente Dolisie (Niari) e Ponta-Negra (Kouilou), passando pelas fronteiras de Miconje (Angola), Quimongo e Ntiamba Nzazi (República do Congo) e Massabi (Angola), num percurso de 530 quilómetros até de volta a cidade de Cabinda.

Depois deste treino de preparação, Júlio Silva iniciará o seu Raid África Internacional, promovido pelos Amigos da Picada, no dia dois de Agosto próximo, com partida prevista na fronteira de Yema, a Sul da província de Cabinda, no percurso que passará pelas vilas e cidade de Muanda-Boma e Matadi (República Democrática do Congo) e nas províncias do Zaire, Bengo e Luanda, esta última, onde se juntará a equipa.

 

"Tenho já apoios das autoridades locais e consulares angolanas no Baixo-Congo- RDC e acredito que a viagem até Luanda será tranquila", expressou.

A aventura dos Amigos da Picada, além das motos, é apoiada por duas viaturas de apoio técnico.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também