Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

07 Agosto de 2018 | 14h16 - Actualizado em 07 Agosto de 2018 | 14h16

Polidesporto: 1º de Agosto projecta instituto superior de educação física

Luanda - O 1º de Agostos poderá contar, nos próximos tempos, com um Instituto Superior de Educação Física e Desportos, para melhor contribuição ao desenvolvimento do sector no país, garantiu segunda-feira, em Luanda, o seu presidente, Carlos Hendrick.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Carlos Hendrick, Presidente do 1º de Agosto

Foto: Clemente

  

Sem avançar a data exacta da concretização desta intenção, o dirigente agostino, que anunciou o facto na cerimónia de inauguração do pavilhão Paulo Bunze, referiu apenas que a infra-estrutura, a ser erguida na Cidade Desportiva, consta dos projectos em execução sequencial da sua direcção.

“Além do pavilhão multiuso Paulo Bunze, é importante realçar que temos já construído campos de treinos, piscinas e outras. Também em previsão, o museu, o instituto para professores de educação física e demais projectos, que na medida das possibilidades serão concretizados, em benefício do clube e do desporto angolano”, disse.

Acrescentou que as intenções na concretização dos referidos projectos, que também se inclui um canal televisivo do clube, entre outras, visa garantir a formação adequada de talentos, que possam obter resultados positivos e aumentar o prestígio da agremiação e do desporto nacional.                           

Posição idêntica foi manifestada pela arquitecta e atleta de andebol, Elisabeth Cailo, que apresentou as fases de execução das obras da Cidade Desportiva, confirmando à Angop o faseamento dos projectos infraestruturais do clube militar.

“Estabelecemos a conclusão autónoma de cada empreendimento. Por isso, na medida em que um termina, começamos a construção de outra infra-estrutura, o instituto de educação física e desportos também está projectado”, frisou a capitã da equipa de andebol.

                

Sobre o pavilhão, com o corte da fita e cuja placa foi descerrada pelo máximo do clube militar, após bênção do padre Antero Beji, localizado na Cidade Desportiva, antigas instalações do quartel das telecomunicações, foi construída para albergar modalidades de sala e tem capacidade para mil e quinhentos espectadores.

Paulo Bunze, já falecido, foi um exímio andebolista do 1º de Agosto, da selecção nacional, bem como fez carreira em Portugal.

A atribuição do nome do antigo andebolista ao pavilhão visa homenagear e perpetuar a figura do internacional angolano.

Pelos seus feitos, a Federação Angolana de Andebol (FAAND) procedeu da mesma forma, com a atribuição do seu nome ao anfiteatro da nova sede da instituição, situada no complexo da Cidadela Desportiva, em Luanda.

Antecedido de visita as distintas instalações da Cidade Desportiva, a cerimónia de inauguração do pavilhão foi ainda marcada com apresentação de vídeos sobre imagens de Paulo Bunze, do treinador Nicola Berardinele, desfile das modalidades praticadas no clube e acto cultural.          

Além de dirigentes e altas patentes das Forças Armadas Angolanas (FAA), antigos atletas e outros, também presentes a viúva e irmão de Paulo Bunze, que receberam um quadro de homenagem da direcção da agremiação militar.                       

A Cidade Desportiva, que inclui, entre outros, a academia, piscinas, o estádio França Ndalu, e demais compartimentos, está em fase de conclusão, para o engrandecimento da agremiação eclética.

          

O futebol é, a par do basquetebol e do andebol em ambos os sexos, referência na elevação das cores “rubro-negras”. Conquistou os três primeiros campeonatos nacionais da primeira divisão (Girabola), nos anos de 1979, 1980 e 1981.

Venceu ainda em 1991, 1993, 1996, 1998, 1999, 2006, 2016 e 2017, além de contar no seu palmarés com uma presença na final da taça da Confederação Africana de Futebol.

                    

Fundado a 1 de Agosto de 1977, o clube do “Rio Seco” movimenta as modalidades de futebol, basquetebol, andebol, voleibol, atletismo, natação, hóquei em patins, xadrez, taekwando, vela, tiro aos pratos, ténis, judo, canoagem, pesca e karaté.

Assuntos Polidesporto  

Leia também
  • 04/11/2018 20:44:54

    Resenha desportiva: Sucesso do futebol adaptado marca semana

    Luanda - O apuramento da selecção nacional para a final do campeonato do mundo de futebol com muletas, que decorre no México, constitui o principal facto desportivo da semana.

  • 01/11/2018 17:22:17

    Redução dos custos de transmissões televisivas carece de esforços conjugados

    Luanda - O director-geral da União Africana de Radiotelevisão (AUB-UAR), Gregoire Ndjaka, reconheceu hoje, em Luanda, a necessidade de um esforço conjunto das instituições do continente tendentes a redução dos custos de pagamento dos direitos de transmissões dos eventos desportivos.

  • 31/10/2018 01:21:22

    Ministério dos Desportos balanceia actividades

    Luanda - O Ministério da Juventude e Desportos balanceou esta terça-feira, em conselho consultivo, as actividades desenvolvidas durante o ano transacto e as do primeiro semestre do ano em curso, tendo concluído na necessidade de maior extensão das acções e projectos de âmbito nacional.

  • 29/10/2018 17:42:43

    Polidesporto: Estado do desporto em Conselho Consultivo alargado

    Luanda - Balanço das actividades do I semestre de 2018, Estado das infra-estruturas, proposta da Lei Anti-Dopagem, entre outras, constam da agenda do XI Conselho Consultivo Alargado do Ministério da Juventude e Desportivos, que acontece terça-feira, a partir das 9h00, nas instalações do INFORFIP, no município de Cacuaco, em Luanda.