Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

09 Novembro de 2019 | 18h49 - Actualizado em 09 Novembro de 2019 | 18h49

Atletismo adaptado/Mundial2019: Chamoleia corre meias-finais

Dubai (do enviado especial) - Cotado como a principal referência do atletismo adaptado nacional, José Chamoleia estreia-se domingo no Campeonato do Mundo, que decorre em Dubai, na prova dos 400 metros para deficientes da classe T11 (cegueira total).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Chamoleia (esq) fez treino ligeiro para corrida de domingo

Foto: Marcelino Camões

Na primeira pista da terceira série, o angolano terá de auto-superar-se, como tem sido em eventos do género, para lograr o passe à final de segunda-feira, perante adversários com marcas superiores.

O velocista da província do Huambo entra para a prova com o tempo de 52.74, a última marca entre os três concorrentes sendo a mais aproximada a do francês Makunda Gauthier (52.08)

Completam a série, a ser disputada a partir das 15:30, no Clube Desportivo de Dubai, o brasileiro Filipe de Sousa (50.38) e o chinês Di Dongdong (51.56).

A primeira série, às 15.10, é composta por Songphinit Supha, da Tailândia (53.14), Shikongo Ananias, da Namíbia (50.63), Descarrega Puigd, da Espanha (50.22) e Santos Vallester, da Venezuela (52.15).

Ayade Mohammed, do Iraque (54.79), Adolphe Timothee, da França (51.21), o recordista mundial Mendes Silva, do Brasil (49.82) e Fan Zetan, da China (51.95) completam a segunda série às 15.20.

Assuntos Desporto Adaptado  

Leia também
  • 10/11/2019 06:09:19

    Desporto adaptado vive altos e baixos - António da Luz

    Dubai (do enviado especial) - Vinte e cinco anos após a implementação, em 1994, o desporto adaptado vive momentos áureos e também de males que perigam o futuro, segundo o secretário-geral do Comité Paralímpico Angolano (CPA), António da Luz.

  • 09/11/2019 00:20:53

    Mundial2019: "Os indicadores são bons" - José Manuel

    Dubai (Do enviado especial) - Em dois dias de prova no Campeonato do Mundo de atletismo adaptado, a participação do atleta Manuel Jaime produziu bons indicadores ao baixar o recorde nacional de 4:12.08 para 4:04.53, na prova dos 1500 metros.

  • 08/11/2019 23:00:22

    Atletismo adaptado/Mundial2019: Angola falha final nos 400 metros

    Dubai (do enviado especia) - Com o tempo de 54.12, Manuel Jaime não fez melhor que a sexta posição nos 400 metros para deficientes motores (classe T46), do Campeonato do Mundo de atletismo adaptado, que decorre no Dubai.