Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

25 Junho de 2019 | 09h21 - Actualizado em 25 Junho de 2019 | 11h01

CAN2019: Prestação individual na estreia

Suez (Dos enviados especiais) - A Selecção Nacional de Futebol estreou-se com empate a um golo, na noite de segunda-feira, diante da Tunísia, numa partida em que os atletas estiveram irrepreensíveis.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

CAN 2019: Angola - Tunísia

Foto: Cortesia de José Cola/Edições Novembro

CAN 2019: Angola - Tunísia

Foto: Cortesia de José Cola/Edições Novembro

Toni Cabaça – Tranquilo na sua posição para um estreante em provas do género, salvou a Selecção nalgumas ocasiões. Não teve culpa no golo sofrido.

Paizo – Apesar de ter feito a falta que originou a grande penalidade, esteve muito bem. Batalhador, mais defensivo que ofensivo. Para um caloiro, nota positiva.  

Bruno Gaspar – Uma grata surpresa, embora tivesse algumas culpas no golo sofrido, pois não conseguiu recuperar a sua posição, deixando a ala direita a mercê do adversário, provocando um vazio na defesa. Fora isso, o atleta, que “tirou o lugar” a Isaac, esteve muito bem. Foi o lateral que mais subiu, ajudando os médios-alas nas acções ofensivas.

Dani Massunguna – Seguro como sempre, esteve um pouco intranquilo no início, mas depois acertou e fez o seu trabalho com “perfeição”.

Bastos – Patrão do centro defensivo, jogador com classe, saiu sempre a jogar com a bola nos pés nas transições defesa-ataque, com grande categoria.

Herenilson – Médio-trinco que já habituou os angolanos às boas exibições, quase não falhou, sempre certeiro nas marcações. Bom sentido de posicionamento. Jogou e fez jogar os colegas.

Stélvio Cruz - Também esteve bem durante os 45 minutos em campo, embora se esperasse mais dele, pela experiência que tem. Houve algum desentendimento no início, com Herenilson, talvez por jogarem juntos poucas vezes, mas não decepcionou.

Mateus Galiano – Um verdadeiro capitão. Enquanto esteve em campo, deu o seu máximo. Foi do seu pé que saiu o remate que deu a recarga para o golo. Saiu lesionado aos 85 minutos.

Djalma Campos – Após primeira parte apagada, trabalhou muito na segunda e marcou o golo do empate.

Fredy - Tal como Djalma, apareceu mais no segundo turno da partida. Mais veloz, com vários dribles. Contribui para o lance do golo. Aliás, foi ele que varreu todo o corredor esquerdo, passou para Mateus Galiano, que rematou para uma defesa incompleta de Bem Mustapha. Na recarga, Djalma só empurrou.

Wilson Eduardo - Não teve uma partida bem conseguida, uma oportunidade desperdiçada e saiu ao intervalo.

Gelson Dala - Foi o trunfo de Vasiljevic. Depois de muita incerteza sobre a sua utilização, o jogador entrou logo no início da segunda parte para o lugar de Wilson Eduardo e baralhou toda a defensiva contrária, que teve de se reestruturar. Prendeu os defesas, deixando espaços para os seus colegas penetrarem, dando os seus devidos resultados.

Geraldo - Dos jogadores mais talentosos em campo, assim que entrou para o lugar de Stélvio, começou a mostrar as suas habilidades através de passes com alguma “magia”, dribles e cruzamentos que levavam algum perigo. Foi um verdadeiro “desmonta-defesa”.

Macaia - Jogou apenas cinco minutos, quando rendeu o capitão Mateus. Pouco ou nada fez.

Assuntos Futebol  

Leia também
  • 25/06/2019 05:01:47

    CAN2019: Presidente da FAF considera empate com sabor de vitória

    Suez (Dos enviados especiais) - O presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur Almeida e Silva, admitiu hoje, em Suez, ter sido um empate com "sabor a vitória" o resultado obtido pela selecção nacional diante da similar tunisina, por 1-1, no jogo da primeira jornada do grupo E do Campeonato Africano das Nações (CAN2019), que decorre no Egipto.

  • 25/06/2019 04:49:12

    CAN2019: Seleccionador da Tunísia reconhece justeza do empate

    Suez (Dos enviados especiais) - O treinador da selecção tunisina de futebol, Alain Jiress, manifestou hoje, em Suez, conformado à justeza do empate diante da similar angolana, por 1-1, em jogo da primeira jornada do grupo E do Campeonato Africano das Nações (CAN2019), que decorre no Egipto.

  • 25/06/2019 04:12:11

    CAN2019: Técnico nacional fala em superação meritória

    Suez (Dos enviados especiais) - O treinador da selecção angolana de futebol, Srdjan Vasiljevic, disse nesta segunda-feira, em Suez, que a equipa é capaz de superar-se diante de "grandes dificuldades", sendo exemplo disto o empate com a Tunísia a uma bola, no jogo da primeira jornada do grupo E do CAN2019, que decorre no Egipto.