Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

25 Junho de 2019 | 04h04 - Actualizado em 25 Junho de 2019 | 14h38

CAN2019: Vasiljevic esconde trunfo e obtém êxito

Suez (Dos enviados especiais) - O surgimento do atacante Gelson Dala do banco de suplentes, na segunda parte do jogo diante da Tunísia (1-1), para o CAN2019, surpreendeu a todos, até ao adversário, que teve de reestruturar a sua defensiva.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

CAN2919: Jogo Angola-Tunísia

Foto: Catumbila Miguel Faztudo

Gelson Dala, Jogador da Selecção Nacional de Futebol

Foto: Cortesia de: Edições Novembro (José Cola)

O avançado do Sporting de Portugal, emprestado ao Rio Ave, era tido como uma “carta fora do baralho” para este desafio, inclusive não esteve presente nos habituais exercícios de aquecimento, minutos antes de começar o encontro.

De 22 anos, Gelson Dala não fez os últimos treinos da selecção devido a uma lesão, embora estivesse a recuperar satisfatoriamente. No lançamento da partida, um dia antes, o seleccionador Srdan Vasiljevic chegou a afirmar que não contaria com ele para a operação Tunísia. 

Embora estivesse inscrito, o jogador era escondido a “sete chaves”, até que pulou para o aquecimento, momentos depois de os tunisinos inaugurarem o marcador.

Entrou logo no início da segunda parte para o lugar de Wilson Eduardo. Com ele em campo, todas as atenções defensivas se direcionaram para ele, obrigando o adversário a abrir espaços que foram bem aproveitados pelos seus colegas.

Com marcação cerrada, as investidas tiveram a cargo de Geraldo, que entrara, igualmente, no início do segundo tempo para o lugar de Stélvio Cruz.

O futebolista do Al Ahly (Geraldo) rasgava toda a ala direita, com dribles e passes magistrais, que acabavam em cruzamentos perigosos, para alegria dos poucos adeptos angolanos.

Nesta fase, os Palancas Negras tomaram conta do jogo, com o capitão Mateus Galiano e os experientes Djalma Campos e Fredy a aparecerem mais. Foi numa dessas investidas que Angola chegou ao golo, aos 72 minutos.

Uma jogada começada por Fredy, que correu todo lado esquerdo, passou para Mateus Galiano, que rematou para uma defesa incompleta de Ben Mustapha. Na recarga, Djalma Campos fez o empate, para gáudio dos aficcionados do desporto rei.

Estava feito o empate. Um ponto que abre boas expectativas para os futuros encontros, a começar com o jogo de sábado (29) frente à Mauritânia, para a segunda jornada do grupo E.

Assuntos Futebol  

Leia também
  • 25/06/2019 12:03:16

    CAN2019: Guiné-Bissau defronta campeão em título

    Suez (Dos enviados especiais) - A Guiné-Bissau joga às 18 horas desta terça-feira, no estádio de Ismaília, diante dos Camarões, na abertura do grupo F do Campeonato Africano das Nações em futebol, que decorre no Egipto.

  • 25/06/2019 09:21:34

    CAN2019: Prestação individual na estreia

    Suez (Dos enviados especiais) - A Selecção Nacional de Futebol estreou-se com empate a um golo, na noite de segunda-feira, diante da Tunísia, numa partida em que os atletas estiveram irrepreensíveis.

  • 25/06/2019 05:01:47

    CAN2019: Presidente da FAF considera empate com "sabor a vitória"

    Suez (Dos enviados especiais) - O presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur Almeida e Silva, admitiu hoje, em Suez, que o resultado obtido pela selecção nacional diante da similar tunisina, por 1-1, teve "sabor a vitória".

  • 25/06/2019 04:49:12

    CAN2019: Seleccionador da Tunísia reconhece justeza do empate

    Suez (Dos enviados especiais) - O treinador da selecção tunisina de futebol, Alain Jiress, manifestou hoje, em Suez, conformado à justeza do empate diante da similar angolana, por 1-1, em jogo da primeira jornada do grupo E do Campeonato Africano das Nações (CAN2019), que decorre no Egipto.