Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

07 Julho de 2019 | 12h28 - Actualizado em 08 Julho de 2019 | 09h44

Resenha: Com Angola afastada CAN ainda é destaque

Luanda - Os ecos do CAN2019 que decorre no Egipto, em que Angola foi eliminada prematuramente na fase de grupos, bem como a estreia da selecção nacional de hóquei em patins nos jogos mundiais da patinagem, em Barcelona, dominaram a semana desportiva

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Egipto: Bandeiras dos países participantes no CAN 2019

Foto: Catumbila Miguel Faztudo

Em reacção a derrota de terça-feira (2) diante do Mali, por 0-1, que ditou o afastamento dos Palancas Negras, cujo objectivo era fazer igual ou melhor que os quartos-de-final das edições do Ghana2008 e Angola2010, especialistas apontam a fraca organização como motivo principal.

O técnico Miller Gomes enumera três razões fundamentais: A problemática vivida durante o estágio em Portugal, a anulação do último particular com a África do Sul e a exposição dos futebolistas aos órgãos de imprensa.

Oliveira Gonçalves, o treinador que qualificou Angola, pela primeira vez, a um Campeonato do Mundo “Alemanha2006”, também indicou questões organizativas para a eliminação dos Palancas Negras na fase inicial do campeonato continental.

Falou em fraca competência na liderança do órgão reitor do futebol no país e também da parca qualidade de jogo demonstrada pelo combinado nacional.

Sábado, a selecção nacional de hóquei em patins estreou-se com derrota de 4-5 diante da Itália, nos mundiais da patinagem, que decorrem em Barcelona (Espanha).

Na partida, referente à primeira jornada do grupo A,  registava-se já ao intervalo vantagem dos italianos por 2-1. Os golos do cinco nacional foram marcados por João Pinto (3) e Big (1).

Angola volta à quadra segunda-feira para defrontar a França (11 horas), para a segunda jornada desta fase inicial.

O boxe também foi destaque nos últimos sete dias. O pugilista do Interclube Wing Dakissi conquistou, na noite de Sábado, a 2ª edição da Gala Nacional de boxe profissional, disputada na Centralidade do Kilamba, ao bater o atleta dos Bulls Bigs, na categoria dos 75 kg, por 3-1.

Wing Dakissi destronou João Pedro, vencedor do combate profissional, realizado em Maio último, em Viana.

 A gala, organizada pelo promotor Olavo Gamboa, teve também combates da classe amador. Júlio Bumba, proveniente de Cabinda, despachou Bento Luzola com “ko” no segundo dos três rondes da classe dos 75 kg.

Assuntos Província » Luanda   Resenha  

Leia também
  • 07/07/2019 17:36:00

    Natação: CNIL conquista nacional absoluto

    Luanda - O Clube Náutico da Ilha de Luanda conquistou domingo, na capital do país, o Campeonato Nacional absoluto, ao somar 50 mil e 300 pontos, em ambos os sexos, disputado na piscina de 50 metros do Alvalade.

  • 06/07/2019 03:57:40

    CAN2019: Angola podia ser 2ª do grupo - Oliveira Gonçalves

    Luanda - Angola foi afastada prematuramente do CAN de futebol, que decorre no Egipto, após o empate com a Mauritânia, em um grupo (E) com possibilidade de terminar na segunda posição, atrás do Mali.

  • 05/07/2019 11:01:35

    CAN2019: Árbitro angolano na abertura dos oitavos de final

    Luanda - Hélder Martins, que a par de Jerson Emiliano, representa Angola no CAN2019, dirige esta sexta-feira, no estádio do Cairo (Egipto), o jogo Marrocos-Benin, que abre os oitavos de final da prova que decorre neste país do Magreb.