Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

09 Julho de 2019 | 18h11 - Actualizado em 10 Julho de 2019 | 11h06

FAF lamenta morte de ex-futebolista

Luanda - A direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF) e o colectivo de trabalhadores expressam sentimentos de pesar pelo passamento físico do ex-futebolista João dos Santos de Almeida "Chinho", segunda-feira, vítima de assassinato, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Chinho - antigo futebolista angolano

Foto: Divulgação

Uma nota da instituição enviada nesta terça-feira à Angop indica que “nesta hora de luto, expressamos os mais sinceros pêsames à família enlutada, desejando força e conforto divino neste momento de dor".    

O antigo futebolista representou em diversas ocasiões as selecções nacionais. Em 2001 foi campeão africano em Sub20, prova disputada na Etiópia. No mesmo ano fez parte da selecção que disputou o campeonato do mundo da categoria, na Argentina.

Por seu lado, o Grupo Desportivo Sagrada Esperança da Lunda Norte, um dos clubes em que evoluiu o antigo médio esquerdo, manifestou-se consternado pelo ocorrido.

De acordo com uma nota de condolências enviada à Angop, "Chinho" deu um grande contributo na evolução do clube em 2005, época em que a equipa de futebol conquistou o campeonato nacional da primeira divisão (Girabola).

“Nesta hora de dor e luto, nos inclinamos perante a sua memória, endereçando à família sentimentos de pesar”, sublinha o comunicado.

O assassinato do antigo capitão do extinto Santos FC, 37 anos de idade, ocorreu às 10 horas de segunda-feira, na Sapu, município do Kilamba Kiaxi, quando conduzia uma viatura Range Rover, tendo sido perseguido por uma motorizada em que seguiam dois indivíduos, sendo que um deles disparou provocando a sua morte imediata.

Leia também