Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

06 Setembro de 2019 | 20h04 - Actualizado em 06 Setembro de 2019 | 20h04

Andebol: Selecção júnior inicia com triunfo revalidação do título

Luanda - A selecção nacional júnior feminina de andebol começou com vitória a defesa do título africano, ao derrotar o Congo por 30-15, em jogo referente ao grupo A, da prova que decorre em Niamey (Níger).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

As campeãs continentais já venciam por 15-9, ao intervalo.

As comandadas de Edgar Neto voltam a jogar sábado às 14 horas  frente à Guiné e encerra a fase de grupos segunda-feira  às 18 horas, quando defrontar o Senegal.

Ainda para o mesmo grupo, a Guiné derrotou por 17-14 o Senegal, enquanto que no grupo B a Tunísia venceu o Benin, por 16-8. A Argélia triunfou ante às anfitriãs, por 15-10.

Assuntos Andebol  

Leia também
  • 03/09/2019 15:47:24

    Jogos Africanos: Andebol regressa com "tri" e ouro inédito

    Luanda - Com uma medalha de ouro, a única no sector masculino na modalidade de andebol, e a terceira conquista consecutiva em feminino, Angola regressou ao país nesta terça-feira dos Jogos Africanos, decorridos em Marrocos.

  • 30/08/2019 08:37:46

    Andebol: PR felicita selecções por duplo feito africano

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, felicitou as selecções nacionais sénior feminina e masculina de andebol pelas respectivas conquistas da medalha de ouro, quinta-feira, nos Jogos Africanos, que decorreram em Marrocos.

  • 29/08/2019 21:26:11

    Jogos africanos: Andebol angolano faz pleno

    Luanda - Angola conquistou nesta quinta-feira duas medalhas de ouro no torneio de andebol dos Jogos Africanos, que decorrem em Marrocos. A selecção feminina venceu Camarões, por 28-25, enquanto a masculina despachou o Egipto, por 31-25.