Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

24 Fevereiro de 2020 | 00h03 - Actualizado em 24 Fevereiro de 2020 | 00h06

Dragão vence e dorme na liderança da 1ª liga portuguesa

Lisboa - O FC Porto recebeu e venceu, este domingo, o Portimonense, por 1-0, em partida da 22ª jornada da I Liga e subiu à liderança provisória do campeonato português.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Numa partida muito difícil para os comandados de Sérgio Conceição, o único golo do encontro foi marcado já nos minutos finais da partida por Alex Telles.

O encontro começou com ascendência para o lado do FC Porto, mas antes de qualquer oportunidade de jogo destaque para uma homenagem a Moussa Marega ao minuto 11. Adeptos do FC Porto começam a bater palmas ao maliano e mostram uma faixa com a frase "Somos todos Marega"

Em termos de jogo jogado, o FC Porto entrou bem no jogo e podia ter inaugurado o marcador logo aos 14 minutos. Sérgio Oliveira fez um grande passe a perdir a entrada de Corona, mas o mexicano atirou de primeira a poucos centímetros da baliza do Portimonense.

Os algarvios reagiram e à passagem da meia-hora tiveram uma boa oportunidade para abrir o marcador no Dragão. Tabata solicitou a entrada de Jackson Martínez, mas o colombiano chegou atrasado ao passe do colega de equipa.

De seguida foi Soares que após cruzamento de Sérgio Oliveira cabeceou para uma defesa pronta de Gonda, guarda-redes japonês que esteve em bom plano neste primeiro tempo.

O Portimonense foi-se soltando das amarras com que entrou em campo e apresentou-se mais personalizado com a chegada ao intervalo, criando algumas oportunidades de perigo para a baliza de Marchesín.

Nos últimos cinco minutos do primeiro tempo, Jackson Martínez teve nos pés duas oportunidades para marcar à ex-equipa. Primeiro o avançado recebeu solto uma bola metida da esquerda e sem marcação cabeceou ao lado.

Depois, o internacional colombiano foi protagonista do lance que deu origem a uma grande penalidade. Uribe pisou Jackson Martínez dentro da grande área, mas na conversão do castigo máximo o avançado atirou muito por cima da baliza de Marchesín.

No segundo tempo, o FC Porto continuou a apresentar uma exibição muito abaixo das expectativas, muito por culpa dos poucos espaços pela equipa adversária. No sentido de dar mais acutilância ao momento atacante da sua equipa, Sérgio Conceição colocou em campo Zé Luís e Nakajima, mas estas duas opções não deram a dinâmica pretendida para o ataque dos portistas.

Destaque para um desvio de Marega a lançamento de Corona. O maliano tentou o chapéu a Gonda, mas nas medidas e a bola perde-se sobre a baliza.

O Portimonense procurava surpreender o FC Porto, e Mohanad Ali teve um remate acrobático que fez a bola passar perto da baliza portista. Ainda assim, os portistas superiorizaram-se e acabaram por chegar ao golo que valeria a conquista dos três pontos. Alex Telles recebe um atraso e atira fortíssimo do meio da rua. Gonda ainda tentou alcançar a bola, mas não conseguiu parar a bomba do internacional brasileiro.

Com este resultado, o FC Porto sobe à liderança do campeonato nacional, ainda que à condição, com 56 pontos, e fica à espera do desenrolar do encontro desta segunda-feira entre Gil Vicente e Benfica. O Portimonense continua na zona de descida com 15 pontos.

Momento do jogo: Golo repleto de classe de Alex Telles. O internacional brasileiro rematou do meio da rua e quebrou a resistência algarvia nos minutos finais do encontro.

Assuntos Futebol  

Leia também