Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

15 Dezembro de 2006 | 23h48

Apresentado oficialmente Banco de Desenvolvimento

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Foto: Foto Angop

Luanda, 15/12 - O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), inaugurado quinta-feira pelo Presidente da Republica,José Eduardo dos Santos, foi oficialmente apresentado hoje, em Luanda, numa sessão que serviu para esclarecimentos a classeempresarial sobre os mecanismos de funcionamento da instituição.

Na ocasião, o Presidente do Conselho de Administração do Banco, Paixão Franco, disse que a sustentabilidade do BDA será garantida com fundos das receitas globais anuais da tributação sobre as actividades petrolíferas, cinco por cento, e do sector diamantífero, dois por cento.

Pelo facto, refere, o Banco de Desenvolvimento de Angola deve ser visto como uma instituição inserida no sistema financeiro nacional, com a missão de contribuir para a aceleração do desenvolvimento equilibrado e sustentável do país.

Paixão Franco avançou igualmente que o BDA vai proporcionar a criação de emprego, a modernização das estruturas económicas e sociais, bem como facilitar o aumento da competitividade nos mais variados sectores de produtividade.

Nesta perspectiva, notou, a instituição financeira vai, a nível da economia real, actuar na base das cadeias produtivas com objectivo de rapidamente produzir alimentos básicos para a diminuição das importações.

Outro grande objectivo, entre muitos, explica, ` fixar o trabalhador rural no campo para garantir a geração de emprego e facilitar a introdução das novas técnicas e práticas de trato das lavouras.

No quadrante financeiro, o BDA, vai cooperar de modo responsável com as autoridades competentes no sentido de participar activamente na expansão e modernização do sistema financeiro nacional, de modo a se ter um mercado orientado, estruturado, viabilizado e regulado pelo Estado em estrita harmonia com os agentes privados.

Criado pelo Decreto 37/06 de 07 de Junho de 2006, o banco constitui um instrumento privilegiado para o financiamento do desenvolvimento da economia nacional, especialmente os investimentos do sector privado ligado preferencialmente ao sector produtivo.

Esta instituição tem como objectivo financiar o desenvolvimento de Angola a luz do Plano Nacional de Desenvolvimento e da Estratégia Nacional de Desenvolvimento de Longo Prazo. Numa primeira fase, disponibilizar assistência técnica e financeira as cadeias produtivas de milho, algodão e materiais de construção.

O banco vai proporcionar emprego, renda, competitividade e financiar programas, obras e serviços inseridos no Programa de Desenvolvimento Económico e Social, mobilizar recursos para financiar planos, avaliar, planear e monitorar a implementação de projectos de investimentos.

Dentro do seu papel, vai facilitar também a participação do sector privado e de organizações comunitárias em programas de desenvolvimento, prover assistência técnica, especialmente na formação de quadros, mobilizar fundos para minimizar o impacto ambiental nos planos de desenvolvimento e prestar serviços de assessoria.

Com base no financiamento de cadeias produtivas, o público alvo do BDA compreende empresários e produtores angolanos que detenham a maioria do capital e controlo nas referidas firmas, assim como pessoas singulares e colectivas, organizadas ou não em cooperativas e consórcios, que desenvolvam actividades produtivas e de serviços em Angola.