Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

21 Julho de 2006 | 10h21

Huíla: Município do Kuvango reactiva cultura de arroz, 23 anos depois

Lubango

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Camponesas durante a colheita do arroz

Foto: Foto Angop/Arquivo

Lubango, 21/07 - A cultura de arroz será reactivada a partir deste ano, no município do Kuvango, província da Huíla, vinte e três anos depois da paralisação do cultivo do cereal na localidade, informou o seu administrador, João Hilifilua.

Em declarações hoje à Angop naquela localidade, o responsável garantiu que a reactivação do cultivo do arroz vai jogar um papel importante papel no programa de combate à fome.

Revelou que a Confederação das Associações dos Camponeses de Cooperativas Agropecuárias de Angola, Unaca, garantiu já todos os incentivos por forma a seleccionar filiados seus interessados a desenvolver esta cultura.

A administração municipal, notou, identificou três áreas específicas onde anteriormente já se fazia a cultura daquele tipo de cereal, sem no entanto avançar o número de hectares disponíveis nem as previsões de colheita.

João Hilifilua referiu que o município de Kuvango já foi tido como um dos maiores produtores de arroz no país, por isso urge a necessidade de implementar programa de cultivo deste cereal.

Com a reactivação da produção do arroz, adiantou, a província vai deixar significativamente de importar este produto.

Dados históricos apontam que de 1970 a 1983 pelo menos 60 toneladas de arroz eram colhidas naquele município em cada época agrícola.

Distando a 356 quilómetros a leste da cidade de Lubango, capital da província da Huíla, o município do Kuvango tem uma população estimada em mais de 90 mil habitantes, na sua maioria camponesa.