Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

06 Junho de 2012 | 20h10 - Actualizado em 06 Junho de 2012 | 20h10

Cahombo cultiva mais de quinhentos hectares de mandioca

Malanje

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cahombo - Quinhentos e 78 hectares de mandioca foram cultivados durante a primeira campanha agrícola 2012 no município de Cahombo, a 135 quilómetros a nordeste da cidade de Malanje, com o apoio da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA) naquela circunscrição.

A informação foi avançada hoje à Angop pelo chefe de repartição municipal da EDA, Francisco Quibonde, referindo que, para além da mandioca, os associados cultivaram igualmente 56 hectares de amendoim, 35 de feijão e seis de batata-doce, com os quais se almeja alcançar bons resultados na colheita.

O sector agrícola na circunscrição de Cahombo caminha a bom ritmo, apesar de se ter registado a estiagem nos últimos meses do final do ano  passado e princípio deste no país e em particular na província que afectou apenas uma parte da cultura do feijão e amendoim.

O responsável garantiu que a situação, actualmente, se encontraacautelada, com realce na segunda campanha agrícola, iniciada em Janeiro deste ano.

Em função dos bons resultados obtidos e esperados, a fonte referiu não ter registado fome no seio das populações, porquanto o cultivo da mandioca surtiu e está a surtir efeitos desejados.

Relativamente ao programa do crédito agrícola de campanha, Francisco   Quibonde disse que 56 famílias, no município, já beneficiaram deste crédito.

Disse que esforços foram feitos pelo comité de pilotagem e acompanhamento que desenvolveu actividades na comuna de Micanda e sede municipal, tendo procedido à recolha de processos que mereceram o aval positivo e o encaminhamento para o Banco Sol.

Actualmente, a repartição municipal da Estação de Desenvolvimento Agrária de Cahombo está preparada para o cultivo de hortícolas, aguardando apenas o aval da direcção provincial da Agricultura para o envio de produtos afins com vista a  sua distribuição aos camponeses.

Para o cultivo do arroz, o responsável disse não haver programa para o município, mas existem condições para a prática do cultivo de algodão.

A este respeito, o responsável adiantou ter-se já procedido ao levantamento do número de famílias que pretendem fazer o cultivo de algodão, tendo já sido escolhidas as áreas do Banje - Angola, Kambo Sunjinje e a sede do município, cuja documentação se encontra sob a tutela da direcção provincial da Agricultura para dar o devido tratamento para atender as 100 famílias que se predispuseram para o cultivo de algodão.

A fonte apontou como dificuldades a falta de meios mecanizados, visto que a população desenvolve a prática da agricultura manualmente, de uma infra-estrutura da repartição para o seu funcionamento, transporte e armazém para a conservação dos produtos, uma vez que os armazéns da Cotonang foram destruídos pela guerra.

Os camponeses no município de Cahombo estão organizados e distribuídas em cooperativas e associações de camponeses.

Os produtos mais cultivados são a mandioca, batata-doce, inhame, feijão,  amendoim e as hortícolas como o tomate, repolho, couve e cenoura.

Assuntos Província » Malanje  

Leia também
  • 01/11/2018 17:56:46

    França quer intensificar cooperação no domínio agro-alimentar

    Malanje - A cooperação entre Angola e França no domínio da investigação agro-alimentar e veterinária poderá ser incrementada nos próximos tempos, para responder aos desafios do país de diversificar a economia, anunciou hoje, em Malanje, o docente da Montpellier SupAgro (instituição superior de formação agrícola de França) Guillaume Baud.

  • 01/11/2018 12:19:58

    Mais de 32 mil famílias envolvidas na campanha agrícola 2018/2019

    Kiwaba Nzoji - Trinta e duas mil e 691 famílias estão envolvidas na Campanha Agrícola 2018/2019 em Malanje, aberta quarta-feira, pelo governador provincial, Norberto dos Santos, na qual se prevê o cultivo de 112 mil e 228 hectares de mandioca, 13 mil e 290 de feijão, oito mil e 860 de batata-doce e cinco mil e 907 de milho.

  • 31/10/2018 19:11:47

    Criação de poupança passa pela planificação das despesas

    Malanje - A criação de poupança familiar passa, necessariamente, pela planificação prévia das despesas e pela escolha dos bens prioritários, com vista a prevenir gastos desnecessários, aconselhou hoje (quarta-feira) o economista Armindo Ginga.

  • 29/10/2018 17:26:16

    Malanje ganha primeira loja de venda de meios agrícolas

    Malanje - Uma loja de vendas de meios agrícolas, denominada "ANGOPRI", foi aberta hoje (segunda-feira), nesta cidade, e coloca à disposição dos agricultores uma vasta gama de insumos e "in puts" agrícolas, com vista a dinamização do sector a nível da província.