Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Novembro de 2013 | 16h01 - Actualizado em 13 Novembro de 2013 | 16h01

Benguela: População bovina baixou de 72 mil para 12 mil na província

Benguela - A população bovina no município do Chongoroi, 150 quilómetros a sul da cidade de Benguela, baixou de 72 mil para 12 mil e 243 cabeças, no período pós independência, afirmou hoje (quarta-feira), o administrador municipal, Francisco Miguel.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Gado Bovino

Foto: Angop

Falando à Angop, o administrador esclareceu que a redução do número de cabeças de gado bovino deve-se ao conflito armado que assolou a região, assim como o roubo,   a transumância e a falta de apoio técnico para o fomento da pecuária.

Para mudar o quadro, o responsável informou que foram distribuídas, no ano passado,  a 75 famílias de 10 povoações, um total de 150 cabeças de gado, no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural de Combate à Fome e Redução da Pobreza.


Francisco Miguel avançou que a distribuição de gado visa melhorar as condições da população, uma vez que perderam  os animais durante o conflito armado.


“Periodicamente vamos apoiando a população, com vista a aumentar o número  de cabeças de gado bovino,  frisou.

De acordo com o administrador, as autoridades governamentais  apostaram em apoiar os criadores com diversas políticas de repovoação animal e realizar vacinações rotineiras, para evitar as doenças como carbúnculo hemático, com vista a melhorar e aumentar a qualidade e o número de animais.


Para o administrador, o município era potencial na produção de sisal, algodão, girassol, tabaco, hortícolas, fruteiras, cereais, tubérculos,  entre outros, cuja produção também baixou no período pós-independência.


O governador provincial, Isaac dos Anjos,  na sua recente visita ao município do Chongoroi,  anunciou a entrega de  tractores e materiais diversos para o fomento da agropecuária antes do fim de ano, à semelhança de outros municípios.

Isaac dos Anjos exortou aos empresários para colocar a disposição material variado para o fomento da actividade  agropecuário para aqueles fazendeiros que quiserem investir na agricultura.

O município do Chongoroi, que era considerado celeiro da província de Benguela, é potencial na produção agropecuária e conta actualmente com mais de 200 fazendas, das quais 10 em funcionamento.

Angop/Mvn/Ica/Ima

nnnn

Assuntos Economia  

Leia também
  • 06/02/2019 19:16:16

    INE lança recenseamento agro-pecuário

    Luena - O Instituto Nacional de Estatística (INE) procedeu hoje, quarta-feira, no Luena, ao lançamento do Recenseamento Agro-Pecuário e Pescas (RAPP), cuja recolha principal vai decorrer, nas províncias do Moxico, Uíge, Cuanza Sul e Benguela, de Fevereiro a Dezembro.

  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.