Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

30 Janeiro de 2014 | 15h49 - Actualizado em 30 Janeiro de 2014 | 15h49

Kalandula constrói sistemas de irrigação para apoiar cooperativas agrícolas

Malanje - As autoridades administrativas do município de Kalandula - 85 quilómetros a norte da cidade de Malanje - vão construir e reabilitar, este ano, os sistemas de irrigação para apoiar as cooperativas agrícolas, localizadas nas comunas do Kinge, Kota e Kuale, no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi prestada hoje (quinta-feira) pelo administrador municipal de Kalandula, Nuno de Oliveira Chiquito, tendo realçado que no quadro deste programa se prevê ainda apoiar as cooperativas  nestas comunas com imputs agrícolas, artefactos de pesca e loteamento de terras aráveis.

Precisou ainda que serão adquiridos animais de pequeno porte (caprino e ovino) para serem distribuídos às regedorias das comunas para repovoamento.

No que se refere ao programa Água para Todos, o responsável frisou que
serão reabilitados e construídos pequenos sistemas de captação, tratamento e distribuição de águas,  na sede do município e nos bairros das comunas de Kateco Kangola, Kinji e Kuale.

Nuno Chiquito precisou que no quadro das infra-estruturas de micro fomento, a administração vai construir um armazém comunitário,  cinco residências do tipo T2, bem como adquirirá moagens, padarias e dez máquinas para produção de farinha para a sede e as respectivas comunas.

A distribuição de merenda escolar para 4 mil e 300 alunos, construção do mercado municipal e a reabilitação do jardim municipal fazem parte de um
conjunto de acções, previstas para o desenvolvimento do município de Kalandula.

O município de Kalandula, local onde está situada a segunda maior queda de água do continente africano, conta com 7 mil quilómetros quadrados de superfície, e com uma população estimada em cerca de cem mil habitantes que se dedica à agricultura e pesca.


O município tem  cinco comunas (Sede, Kota, Kinji, Kuale, Kateco Kangola), 18 regedorias e 548 sobas.
 

A informação foi prestada hoje (quinta-feira) pelo administrador municipal de Kalandula, Nuno de Oliveira Chiquito, tendo realçado que no quadro deste programa se prevê ainda apoiar as cooperativas  nestas comunas com imputs agrícolas, artefactos de pesca e loteamento de terras aráveis.

Precisou ainda que serão adquiridos animais de pequeno porte (caprino e ovino) para serem distribuídos às regedorias das comunas para repovoamento.

No que se refere ao programa Água para Todos, o responsável frisou que
serão reabilitados e construídos pequenos sistemas de captação, tratamento e distribuição de águas,  na sede do município e nos bairros das comunas de Kateco Kangola, Kinji e Kuale.

Nuno Chiquito precisou que no quadro das infra-estruturas de micro fomento, a administração vai construir um armazém comunitário,  cinco residências do tipo T2, bem como adquirirá moagens, padarias e dez máquinas para produção de farinha para a sede e as respectivas comunas.

A distribuição de merenda escolar para 4 mil e 300 alunos, construção do mercado municipal e a reabilitação do jardim municipal fazem parte de um
conjunto de acções, previstas para o desenvolvimento do município de Kalandula.

O município de Kalandula, local onde está situada a segunda maior queda de água do continente africano, conta com 7 mil quilómetros quadrados de superfície, e com uma população estimada em cerca de cem mil habitantes que se dedica à agricultura e pesca.


O município tem  cinco comunas (Sede, Kota, Kinji, Kuale, Kateco Kangola), 18 regedorias e 548 sobas.
 

Assuntos Investimentos  

Leia também
  • 12/11/2018 11:48:52

    Projecto Quiminha perspectiva aumentar produção de ovos

    Luanda - Dezanove milhões de ovos é a produção que se perspectiva, até final de Dezembro próximo, no Projecto Integrado de Desenvolvimento Agrícola e Regional da Quiminha, disse o gestor do local, Hermenegildo Vieira Dias.

  • 01/11/2018 11:19:04

    Aipex recebe 52 propostas de investimentos em quatro meses

    Luanda - A Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (Aipex) recebeu, nos últimos quatros meses (de Julho a Outubro), 52 propostas de investimentos avaliadas em 439 milhões, 355 mil e 763 dólares norte-americanos.

  • 24/10/2018 18:53:17

    Diplomata quer investimentos em recursos naturais

    Luanda - A representante permanente de Angola junto dos Escritórios das Nações Unidas em Genebra, Margarida Izata, apelou terça-feira última, na cidade da Suíça, os empresários a investirem nos abundantes recursos naturais, como minerais, florestais, pesqueiros, em terras aráveis e no potencial hídrico e turístico do País, com vista a diversificação económica.

  • 24/10/2018 15:53:24

    Bié está aberta ao investimento privado - Governador

    Cuito - A província do Bié está aberta ao investimento privado, sobretudo nos sectores da agricultura, educação, saúde, ensino superior, hotelaria e turismo, anunciou hoje o governador da província, Pereira Alfredo.