Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

25 Julho de 2014 | 05h22 - Actualizado em 25 Julho de 2014 | 05h22

Angola: Empresários podem dinamizar relação comercial entre Angola e Portugal

Luanda - Acelerar os processos de investimentos em Angola e Portugal é o principal desafio que se coloca aos empresários dos dois países, considerou nesta quinta-feira, em Luanda, o ministro português da Economia, António Pires de Lima.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, no final de um encontro com o homólogo angolano, Abraão Gourgel, o responsável luso disse que “Angola e Portugal beneficiam de estratégias do fórum comercial mutuamente favoráveis”.

António Pires de Lima lembrou igualmente que a dinamização das parcerias entre as empresas angolanas e portuguesas pode assumir preponderância no processo de expansão económica dos dois países.

“Precisamos acelerar o processo de investimentos nos dois lados, sendo isto favorável aos dois estados”, acrescentou o responsável.

As trocas comerciais entre Angola e Portugal renderam sete milhões de euros em 2013. Dados da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) revelam que Angola representa para Portugal o mercado mais importante fora do espaço da União Europeia.

Os valores das exportações de bens e serviços de Portugal para Angola nos primeiros quatro meses de 2013 totalizaram 1,343 mil milhões de euros. No sentido inverso, e no mesmo período, as vendas de Angola a Portugal totalizaram 1,127 mil milhões de euros.

Segundo dados do International Trade Center (ITC), subsidiária da Organização Mundial do Comércio, a quota de mercado de Portugal no contexto das importações angolanas fixou-se em 18,1 por cento em 2011, posicionando-se no primeiro lugar enquanto fornecedor.

Por outro lado, Portugal representou cerca de 2,5 porcento no total das exportações angolanas em 2011, ocupando a 8.ª posição na relação de clientes.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 20/12/2014 02:15:35

    Angola: BNA lança moeda de 20 kwanzas

    Luanda - O Banco Nacional de Angola (BNA) colocará em circulação, a partir de 23 deste mês, a moeda comemorativa e com poder liberatório de 20 kwanzas, no âmbito da sua função de Banco Emissor.

  • 19/12/2014 20:05:51

    Angola: Luanda arrecada mais de AKZ 400 biliões para o Estado

    Luanda - Quatrocentos e 15 biliões, 127 milhões, 356 kwanzas e dez cêntimos foram arrecadados ao longo de 2014, pela Comissão Administrativa da Cidade de Luanda (órgão que tutela o município/Cidade de Luanda), para os cofres do Estado.

  • 17/12/2014 17:41:25

    Cuanza Sul: Famílias do Mussende com cartão kikuia

    Mussende - Pelo menos cinco mil e vinte e duas famílias rurais do município do Mussende vão, a partir de hoje, quarta-feira, poder fazer compras com o cartão kikuia.

  • 22/11/2014 01:19:57

    Angola: Projecto do "Lulu" emprega 200 funcionários

    Luanda - O projecto diamantífero do "Lulu", na província de Lunda-Norte, vai empregar nos próximos tempos 200 funcionários, dos quais 180 serão angolanos e 20 estrangeiros, para minimizar a pobreza das populações, garantiu nesta sexta-feira, em Luanda, o presidente do Conselho de Administração da Endiama, António Carlos Sumbula.