Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

26 Setembro de 2014 | 14h05 - Actualizado em 26 Setembro de 2014 | 17h53

Angola: Sector bancário mantém crescimento em 2013

Luanda - O sector bancário do país manteve, em 2013, a rota de crescimento, para a qual têm contribuído as alterações regulamentares a nível da política monetária, cambial e de supervisão, afirmou sexta-feira o gestor responsável pelo sector da Banca e seguro da empresa de consultoria Deloitte, Nuno Alpendre.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Nuno Alpendre - Consultor financeiro da Deloite

Foto: Pedro Parente

Segundo Nuno Alpendre, que falava na apresentação do Estudo “Banca em Análise 2014”, a política monetária conduzida pelo Banco Nacional de Angola (BNA) permitiu a redução da taxa de inflação, que se situou, em Dezembro de 2013, em 7,96 porcento.

Disse que essa redução da taxa de inflação encurtou os intervalos da Luibor, que se situaram entre 4,71% na maturidade “overnight” e 9,34% na maturidade de 12 meses.

Com efeito, prosseguiu, os custos de financiamento das instituições do sector bancário nacional continuam a reduzir e o volume de crédito interno cresceu, por força do alívio nas taxas de juro activas dos bancos comerciais.

Afirmou que o total dos activos destes bancos aumentou em 12 porcento, e o rácio de solvabilidade global do sector foi de 19,47%, quase o dobro do mínimo exigido para o sector (10%).

Referiu que ainda em 2013, foi possível iniciar a verificar os efeitos da adopção do novo regime cambial aplicável ao sector petrolífero.

“O BNA deixou de ser o único provedor de divisas no mercado, contando com apoio dos bancos, de tal forma que o mercado secundário transacionava, em alguns casos, maior volume de divisas do que o mercado primário”, salientou.

 Relativamente à regulação do sistema bancário, Nuno Alpendre referiu que o BNA publicou, em 2013, avisos relacionados com a governação corporativa e com o sistema de controlo interno, e o guia sobre implementação do combate ao branqueamento de capitais e financiamentos ao terrorismo.

Assuntos Banca  

Leia também