Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

02 Maio de 2015 | 17h59 - Actualizado em 02 Maio de 2015 | 17h59

Moxico: Circulação do comboio do CFB melhora mobilidade de munícipes

Luacano - A circulação dos Comboios do Caminho de Ferro de Benguela (CFB), desde 12 de Março último, no município do Luacano, província do Moxico, facilita significativamente a mobilidade dos munícipes e suas mercadorias, de e para outras paragens do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Numa ronda feita pela Angop, neste sábado, na sede municipal e arredores do Luacano, constatou-se uma enorme satisfação das pessoas, que exaltaram o trabalho da reabilitação do empreendimento realizado pelo executivo.

O comerciante Amílcar Segunda disse que a circulação dos comboios do CFB permitiu reabrir a sua cantina, encerrada há muito tempo.

“Tenho comprado grandes quantidades de produtos higiénicos e alimentícios nos estabelecimentos comerciais da cidade do Luena e consigo transporta-los para este município de comboio, sem maiores dificuldades, referiu.

Já o comerciante de nacionalidade Mauritânia, Ahmed Solif, que agora opera no Luacano, disse que conseguiu instalar-se na localidade graças à circulação do Comboio, que facilita a transportação da sua mercadoria.

“Apesar de os produtos serem vendidos a igual preços praticados na cidade capital (Luena), aqui encontramos uma vantagem que consiste na facilidade de despachar o negócio e na transparência dos clientes”, disse.

Antónia Cassova, doméstica, reconheceu a segurança e conforto que o comboio proporciona, assim como do reduzido valor pago pelo bilhete de passagem, 500 a dois mil kwanzas, contra três a cinco mil kwanzas que antes pagava quando viajava de motorizadas e viaturas.

Embora ainda não ter viajado de comboio, Tomé Tchiluva, desempregado, reconheceu o desenvolvimento que actualmente o município regista, consubstanciado no fluxo constante de pessoas, umas em visita familiar, outras à procura de emprego na função pública e empresas privadas.

O comboio inaugural do Caminho de Ferro de Benguela (CFB) passou pelo município do Luacano a 14 de Fevereiro do ano em curso, enquanto o de passageiro aconteceu aos 12 de Março último.

O comboio circula no Luacano todas quintas-feiras, em direcção ao município do Luau, e volta às sextas-feiras em direcção ao Luena.

O município do Luacano dista a 217 quilómetros a Leste da cidade do Luena, actualmente conta com 30 mil e 747 habitantes (dados preliminares do Censo Geral da População e Habitação2014), na maioria camponeses e pescadores, ocupando uma extensão territorial de 34 mil e 780 quilómetros quadrados.

Assuntos Província » Moxico  

Leia também
  • 30/01/2019 17:53:19

    Banco Sol e empresas diamantíferas apoiam empreendedores do Leste

    Moxico - O Banco Sol e as empresas diamantíferas que operam nas províncias do Moxico e da Lunda Norte e Lunda Sul vão apoiar, a partir deste ano, projectos económicos desenvolvidos pelos jovens do Leste de Angola, visando a criação de riquezas e empregos.

  • 24/01/2019 17:13:01

    Livro de reclamações esgota-se no Moxico

    Luena - Os 290 exemplares do livro de reclamações que o núcleo do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec) na província do Moxico recebeu em Março de 2018 esgotaram-se, devido à elevada procura.

  • 22/01/2019 12:41:02

    Receitas em queda no Moxico

    Luena - Dois mil milhões, 393 milhões, 533 mil e 999 kwanzas foram arrecadados em 2018, pela Delegação Provincial das Finanças do Moxico, menos 903 milhões, 370 mil e 139 kwanzas em relação a 2017.

  • 22/12/2018 18:38:46

    Preço da cesta básica aumenta no Luena

    Luena - Os preços dos principais produtos da cesta básica praticados nos mercados formais e informais da cidade do Luena, província do Moxico, registaram um ligeiro aumento nos últimos 15 dias, a três dias do Natal.