Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

23 Junho de 2015 | 13h06 - Actualizado em 23 Junho de 2015 | 13h06

Bengo: Ministério da Agricultura prepara plano de mitigação do conflito homem/animal

Caxito - O Ministério da Agricultura está a preparar um plano de mitigação do conflito homem-animal, sobretudo elefantes, anunciou hoje, terça-feira, em Caxito, província do Bengo, o director Nacional das Florestas, Domingos Nazaré.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Elefantes são uma preocupação para população das zonas rurais no Bengo

Foto: preparado Zita Gonçalves

Em declarações à Angop, o responsável disse que este problema, de abrangência nacional, está a inquietar o Ministério da Agricultura, os governos provinciais e a população.

Frisou que a semelhança do Bengo, registam-se também conflitos nas províncias de Cabinda, Uíge, Cuanza Norte, Malanje, Moxico, Cuando Cubango e Cunene, onde os elefantes estão a ceifar vidas humanas e destruir bens das populações.

Avançou que os camponeses têm estado a perder lavras com diversas culturas e casas, por essa razão, urge a necessidade de se implementar o plano de mitigação.

“Queremos, em primeiro lugar, cadastrar estes casos. Estamos a fazer um levantamento e mapear as ocorrências para que todos estes acontecimentos fiquem registados”, ressaltou.

Adiantou que o plano visa igualmente conhecer o comportamento dos animais, suas proveniências e rotas que utilizam para se poder tomar medidas de gestão.

Essas medidas técnicas, de acordo com Domingos Nazaré, poderão passar pela transladação desses animais destas áreas onde se encontram para serem recolocados numa zona distante ou num parque nacional.

Avançou que durante os anos de guerra muitos animais imigração. Hoje, com a paz os mesmos (animais) estão a regressar para os antigos habitat, muitos deste estão actualmente ocupadas pelos humanos.

No Bengo, as populações utilizam as formas de queimadas de pneus, jindungo, barulho com latas e apitos, como forma tradicional para afugentar os animais, mas com pouco efeito.

Assuntos Animais   Província » Bengo  

Leia também
  • 31/01/2019 02:14:10

    Projecto de ouro arranca na província do Bengo

    Caxito - O projecto de ouro denominado "TIANDAIMANING", na comuna do Ngombe, município de Nambuangongo, província do Bengo, numa área de cinco quilómetros quadrados, prevê entrar em actividade em Agosto deste ano, com uma produção anual, na primeira fase, de 180 quilogramas.

  • 30/01/2019 01:14:52

    Salineiras do Ambriz necessitam de 60 milhões de Kwanzas

    Caxito - As salineiras Capulo, Natércia e Filhos no município do Ambriz, província do Bengo, necessitam de cerca de 60 milhões de Kwanzas para pôr em funcionamento 24 hectares que estão sem produzir.

  • 29/01/2019 17:49:19

    Pescadores chineses e vietnamita condenados por pesca ilegal

    Caxito - Cinco cidadãos chineses e um vietnamita, comandantes de embarcações que exerciam ilegalmente a pesca na Barra do Dande, foram condenados pelo Tribunal Provincial do Bengo a pena de um mês de prisão e a expulsão do país.

  • 22/01/2019 23:14:52

    Apreendidas catorze embarcações no Bengo

    Caxito - Catorze embarcações com licenças de pesca revogadas, por não reunirem as condições higieno-sanitárias, acomodação e conservação de pescado, foram apreendidas na província do Bengo, no âmbito da operação “Mar Seguro”, que decorre desde Dezembro último no país.