Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

19 Agosto de 2015 | 18h57 - Actualizado em 20 Agosto de 2015 | 10h17

Luanda acolhe reunião de ministros das Finanças

Luanda - Angola acolhe, de 27 a 28 de Agosto, a Reunião de Ministros das Finanças e Governadores dos Bancos Centrais Africanos, Caucus Africano, com o objectivo de fortalecer a voz dos representantes do Continente em relação às questões importantes de desenvolvimento sócioeconómico das instituições de Bretton Woods (BWIs).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vista parcial da Baia de Luanda

Foto: Clemente Santos

O encontro, a decorrer no Centro de Convenções de Talatona, constitui uma soberana oportunidade para os líderes africanos, representados pelos seus ministros das Finanças, do Plano e governadores dos Bancos Centrais, apresentarem de forma conjunta, coordenada e organizada as grandes e actuais preocupações que afectam as economias do continente africano, nomeadamente a construção de infra-estruturas e a industrialização dos processos produtivos.

A realização de um evento da magnitude do Caucus Africano em Angola deverá ajudar o Angola a fortalecer a sua relação com instituições financeiras internacionais como o Fundo Monetário Internacional, Banco Mundial e o Banco Africano de Desenvolvimento, com vista a mobilizar apoio para as necessidades financeiras de desenvolvimento do país.

Uma nota de imprensa do Ministério das Finanças a que a Angop teve acesso hoje, refere ainda que o fórum vai igualmente contribuir para uma melhor visibilidade do país, potenciando novas oportunidades para a diversificação da economia.

Entre os temas agendados nos seis painéis, destacam-se a Visão Geral da Economia Regional, Transformação e Diversificação Económica, Discussão sobre o Memorando de 2015 do Caucus Africano, bem como os Financiamentos de Projectos Regionais ligados às infra-estruturas.

Para dissertação dos temas, foram convidados personalidades como o ex-Presidente da África do Sul, Thabo Mbeki, e outras individualidades ligadas à Nova Parceria para o Desenvolvimento da África (NEPAD), Banco Mundial (BM) e Banco Africano de Desenvolvimento (BAD).

Angola foi designada formalmente como líder do Grupo do Caucus Africano em 2015, no evento que decorreu de 3 a 4 de Setembro de 2014, no (Friendship Hall), Centro de Conferências de Khartoum República do Sudão.

Criado em 1963, como Grupo Africano de Governadores do Grupo Banco mundial e do FMI, o Caucus tem o objectivo de fortalecer a voz dos Governadores do Continente Africano em relação as questões importantes de desenvolvimento socioeconómico da Região Africana, dentro dos órgãos das Instituições de Bretton Woods (Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional).

Leia também
  • 06/02/2019 14:18:44

    Franceses interessados em investir nos transportes públicos em Luanda

    Luanda - Empresários da República da França mostraram-se disponíveis hoje (quarta-feira), em Luanda, em investir no sistema de transportes públicos, de forma a melhorar a mobilidade rodoviária na capita angolana.

  • 31/01/2019 11:10:30

    Município de Cacuaco perspectiva licenciar centenas de panificadoras

    Luanda - A direcção do comércio do município de Cacuaco perspectiva licenciar, a partir deste ano, aproximadamente mil panificadoras no âmbito do processo de transferência de competências do Ministério da Indústria para o Poder Local.

  • 01/12/2018 00:12:59

    Apresentada campanha" cem mil projectos"

    Luanda - A primeira fase da campanha "cem mil projectos", que visa apoiar os empresários a nível de todo o país, foi apresentada hoje, sexta-feira. no municio de Viana, em Luanda, aos filiados da Confederação Empresarial de Angola (CEA).

  • 27/11/2018 23:05:45

    Ministra realça contributo do mar no desenvolvimento da economia

    Luanda - A ministra das Pescas, Vitória de Barros Neto, destacou nesta segunda-feira, em Nairobi, Quénia, o contributo das indústrias petrolíferas, pesqueiras e do transporte marítimo no crescimento da economia angolana.