Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

24 Fevereiro de 2016 | 11h13 - Actualizado em 24 Fevereiro de 2016 | 11h12

Moxico: Província conta com fábrica de água mineral

Luena - Uma fábrica de água mineral, denominada "Água na Paz", será inaugurada este ano, no bairro Lumeje Pinto, 12 quilómetros a norte da cidade do Luena (Moxico), informou hoje, quarta-feira, o director geral do projecto, Benjamim Afonso.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Empresário angolano Benjamim Afonso

Foto: Kynda Kyungu

C

Falando à Angop, a propósito do contributo dos empresários para a estratégia da saída da crise, gizada pelo Executivo, o empresário referiu que a fábrica de água mineral vai produzir mil e 800 litros de água por hora, perfazendo 43 mil e 200 litros por dia, para o consumo humano.   

A fábrica vai criar 40 novos postos de trabalho para jovens angolanos, além de proporcionar o desenvolvimento económico da província do Moxico e não só, por se tratar do primeiro investimento do género na região leste do país.

Afirmou que a água é proveniente de um furo artesiano de 200 metros de profundidade, a três quilómetros da margem do rio Lumege. Cada lote de produção é levada para o laboratório central de saúde para se testar a qualidade do líquido.

O responsável informou que o actual desafio da fábrica passa pela melhoria dos serviços a prestar ao cidadão e da capacidade de produção de água.

A fábrica de água faz parte da empresa privada Naumba Sociedade Comercial e foi construída numa área de 50 metros quadrados, orçado em 800 mil dólares norte americanos. O empreendimento compreende as áreas de produção de garrafas, enchimento, laboratório e armazenamento.

Leia também
  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.