Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

12 Março de 2016 | 21h00 - Actualizado em 14 Março de 2016 | 12h45

Botswana: SADC discute estratégia de comunicação para os próximos cinco anos

Gaberone (Do Enviado Especial) - Os representantes da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), que estão reunidos desde 5 do corrente mês, em Gaberone (Botswana), para preparar a reunião de ministros do próximo dia 14, vão reforçar canais de informação para fortalecer o conhecimento público.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

SADC quer estratégia de comunicação

Foto: António Escrivão

De acordo com a proposta da estratégia de comunicação da SADC, apurou a Angop, a consciencialização para alcançar a integração, fortalecer a tomada de decisão e estruturas nacionais que promovam a distribuição de informação, partilha de informação entre os estados membros, fazem parte da proposta a ser analisada nos próximos encontros.

O documento da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) aponta que cerca de 19 porcento da população dos países membros, lêem jornal pelo menos uma vez por semana.

Apesar de não serem ainda dados satisfatórios para os países membros, a imprensa escrita continua ser um veiculo importante de divulgação de informações especialmente nas zonas urbanas, sublinha o documento.

Para corresponder com os desafios da comunidade, a região tem se empenhado em desenvolver infra-estruturas modernas para facilitar a comunicação entre os cidadãos.

Para além da imprensa escrita segundo a proposta em análise , estações de rádio privadas continuam a crescer e a utilização das línguas locais está a ganhar cada vez mais terreno.

De um modo geral, a rádio continua ser entre os meios de comunicação mais disponíveis e que mais atinge a maioria das populações da região.

Consta ainda no documento que a televisão é amplamente disponível nas áreas urbanas, com o público a usar este meio para o entretimento e notícias.

A reunião de ministros da SADC que iniciou no dia cinco, com encontros técnicos de peritos de várias áreas, termina segunda-feira dia 15.

Encontra-se já em Gaberone para fazer parte da delegação chefiada pelo ministro Georges Chikoti, o Secretário de Estado do Ministério das finanças, Alcides Safeca, que participou numa reunião a porta fechada, realizada neste sábado.

Assuntos Cooperação  

Leia também
  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 19:13:44

    China promete mais investimentos nos sectores da agricultura e indústria

    Soyo - O embaixador da China em Angola, Cui Aimin, reiterou sexta-feira, na cidade do Soyo, província do Zaire, o apoio do seu país no desenvolvimento dos sectores da agricultura e indústria.

  • 09/01/2019 19:16:39

    Chineses querem investir USD 10 mil milhões em Angola

    Lubango - Investidores chineses têm disponíveis dez mil milhões de dólares norte-americanos, para investir nas áreas de indústria, agricultura e investigação científica nos vários ramos do saber, anunciou hoje, no Lubango, província da Huíla, o ministro conselheiro da embaixada chinesa, Li Bin.

  • 12/12/2018 15:40:01

    UE dá dois milhões de euros para capacitar empreendedores

    Luanda - Dois milhões de euros é o valor disponibilizado pela União Europeia (UE), para capacitação dos empreendedores angolanos que estarão ligados ao processo de exportação de produtos não petrolíferos para o bloco económico europeu.