Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

28 Junho de 2016 | 14h10 - Actualizado em 28 Junho de 2016 | 14h37

Moxico: Destacada política da UTIP na facilitação das exportações

Luena - A vice-governadora do Moxico para o sector económico, Maria Germana António, afirmou hoje, no Luena, que a presença da Unidade Técnica para Investimentos Privado (UTIP) na província vai permitir expandir e facilitar as exportações de produtos locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Moxico: Empresários foram auscultados pela UTIP

Foto: Kinda Kyungu

Moxico: Maria Germana Antónia - Vice-Governadora para Sector Económico

Foto: Kinda Kyungu

Ao falar no encontro de auscultação de empresários da região e a UTIP, a vice-governadora lembrou que a província é potencial no sector agrícola, produção do mel e madeira, sectores que os empresários locais apostam fortemente, faltando o aumento e sua exportação.

Por isso, considerou oportuna a ideia da implantação da Unidade Técnica para Investimentos Privado no Moxico, acreditando que a instituição irá ajudar e dirigir os grandes e pequenos empresários na evolução dos seus propósitos económicos.

Reconheceu a intenção dos empresários em expandir os seus vários negócios com vista a diversificar e fortalecer a economia da província, em particular, e do país, em geral, por isso, reafirma que o governo continuará a apoiar os projectos e ideias dos investidores.

O encontro da Unidade Técnica para Investimentos Privado (UTIP) com os empresários locais aconteceu numa das salas do Monumentos à Paz, onde foram enfocados a tramitação dos projectos, incentivos e benefícios fiscais da lei do investimentos e os projectos do sector económico em curso no Moxico.

Leia também
  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.