Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Julho de 2016 | 10h44 - Actualizado em 13 Julho de 2016 | 10h44

Moxico: Administradora destaca potencialidades agrícolas de Camanongue

Camanongue - O município de Camanongue, província do Moxico, tem um conjunto de factores que o tornam um exemplo para a produção agrícola e agro-industrial ao nível da província, considerou hoje, na circunscrição, a administradora municipal adjunta, Anastácia Ginga.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Moxico: Camaiangala produz ovos

Foto: Angop

Moxico: Projecto Agro-industrial de Camaiangala

Foto: ANGOP

Falando à imprensa, sobre o programa de combate à pobreza, exemplificou o sucesso do projecto agro-industrial de Camaiangala, que já produz farinha de milho, soja e feijão para os mercados do Luena, Lunda Sul e Lunda Norte.
Referiu que o projecto, uma iniciativa do Executivo angolano, está a contribuir, substancialmente, para o aumento da produção agrícola no município, através da prestação de serviços, formação, distribuição de sementes e imputes agrícolas, e emprego aos jovens locais.

Lembrou que na última campanha agrícola a fazenda agrícola cultivou 650 hectares de terra, dos quais 500 de milho, 50 de feijão e igual número de soja, cuja previsão de colheita é calculada em três mil e 500 toneladas de milho, mil e 500 de feijão e soja.

Sustentou ainda que o município oferece solos férteis para a prática da agricultura em grande escala e decorrem esforços do governo provincial de apoiar os agricultores para aumentarem a produção.

Disse que o projecto está a responder ao compromisso que o Executivo assumiu de desenvolver uma agricultura sustentada, com a formação do homem no centro das atenções, sobretudo, os pequenos produtores rurais.
 

Leia também
  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.