Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

24 Setembro de 2016 | 13h35 - Actualizado em 24 Setembro de 2016 | 13h35

Moxico: Sindicalista aconselha trabalhadores a colaborarem

Luena - O secretário nacional para Administração e Finanças da União Nacional dos Trabalhadores Angolanos (UNTA- Confederação sindical), Marcos Pinto, aconselhou hoje, sábado, no Luena, os funcionários públicos a colaborar no activismo sindical nos seus respectivos locais de trabalho.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar à imprensa, no termo da plenária sindical realizada com os representantes locais, explicou que o sindicato é uma entidade institucional que defende os interesses e garantias fundamentais dos trabalhadores.

O dirigente sindical disse que apesar da crise transitória que o país enfrenta, os trabalhadores que exercem o papel de activistas sindicais devem encorajar os filiados a manterem a cultura laboral, para a operacionalidade dos postos de emprego, garantindo o auto-sustento das suas famílias.

Nesta senda, apelou as associações sindicais a denunciarem na Inspecção-Geral do Trabalho (IGT), as instituições que não deixam os seus trabalhadores criar comissões sindicais, bem como descartam a possibilidade de realização das assembleias de trabalhadores para interagir e corrigir os erros que se verificam na administração pública.

Na ocasião, os funcionários públicos do sindicato local apresentaram várias preocupações que vão desde a desvalorização do poder de compra, falta de reajuste salarial e dignas condições laborais em muitos centros de trabalho.

A visita de dois dias ao Moxico , do secretário nacional, visou, entre outras questões, avaliar as reais condições sócio laborais das associações sindicais, bem como fazer o levantamento dos principais problemas que afectam a classe na província.

Na província do Moxico, estão controlados cinco sindicatos, distribuídos pelos ramos da Educação, Saúde, Cultura, Desporto e Comunicação Social, agregando mais de dois mil filiados.

Leia também
  • 06/02/2019 19:16:16

    INE lança recenseamento agro-pecuário

    Luena - O Instituto Nacional de Estatística (INE) procedeu hoje, quarta-feira, no Luena, ao lançamento do Recenseamento Agro-Pecuário e Pescas (RAPP), cuja recolha principal vai decorrer, nas províncias do Moxico, Uíge, Cuanza Sul e Benguela, de Fevereiro a Dezembro.

  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.