Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

03 Outubro de 2016 | 14h02 - Actualizado em 03 Outubro de 2016 | 14h02

Moxico: Administradores podem contribuir para reforma tributária

Luena - Os administradores municipais e as autoridades tradicionais no Moxico foram incentivados a serem veículos e activistas para a divulgação da reforma tributária, em curso no país, e contribuir na arrecadação de receitas para os cofres públicos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Participantes ao lançamento do Programa Regional de educação Fiscal da AGT

Foto: David Dias

Segundo o director regional da VII região tributária (Moxico, Lunda Sul e Lunda Norte), Inácio Morão, que falava à Angop durante o lançamento do programa de campanha de educação fiscal, para o efeito as administrações devem traçar medidas e políticas.

Disse tratar-se de medidas e políticas que facilitam os contactos com os contribuintes e parceiros do Estado para mobilizá-los sobre a importância do pagamento de impostos e seus fins.

Defendeu a realização de mais palestras e workshops para se manter a comunicação entre a Administração Geral Tributária (AGT) e a sociedade sobre o Sistema Tributário Nacional.

Leia também
  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.

  • 01/02/2019 20:07:05

    Construção da barragem de Baynes estimada em USD 1,2 mil milhões

    Cacuso - A construção da barragem hidroeléctrica Binacional de Baynes, com início previsto para 2021, no rio Cunene, fronteira entre Angola e a Namíbia, está estimada em 1,2 mil milhões de dólares, avançou hoje (sexta-feira), em Malanje, o ministro angolano da Energia e Águas, João Baptista Borges.