Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

17 Fevereiro de 2017 | 17h13 - Actualizado em 17 Fevereiro de 2017 | 17h13

Angola: Fundo Coca Cola deve adoptar mecanismos de transparência

Luanda - O novo Conselho de Administração do Fundo do Projecto Coca Cola empossado hoje (sexta-feira), em Luanda, deve adoptar novos mecanismos de transparência, durante o exercício das suas funções, recomendou o ministro das Finanças, Archer Mangueira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

 O governante que  falava na  cerimónia  de  tomada  de posse  deste novo conselho de administração, apontou  como  premissa  para o desenvolvimento das  suas  actividades,  a  adopção  de  novos  procedimentos  na sua gestão.

Na  ocasião, o presidente do  fundo, Manuel  Victoriano ISumbula,  admitiu  que  os desafios  são  enormes,   e  vão  requerer  do  novo  conselho ,  força  e  determinação .

Integram o novo conselho de administração da Coca Cola,   Manuel  Victoriano  Sumbula,  Helena de Fátima  Cândido e  Bruno  Gaspar,  administradores,  representantes  dos  Ministérios  das  Finanças,  Indústria ,  e  do  Governo  Provincial  de  Luanda.

O Fundo do  Projecto  Coca Cola  instituído  em  2000, foi criado  por meio  do Decreto  Executivo  Conjunto nº 3/00, de 21 de Janeiro , e está  neste momento  a  ser  adequado às  linhas  mestras  da  estratégia  para  a saída  da crise  derivada  da queda do preço do petróleo no mercado internacional.

O fundo  prima  pelo  desenvolvimento socioeconómico  de algumas regiões  definidas pelo Governo  da  Província de Luanda e  pelos  Ministérios  das  Finanças e Indústria.

Entre  as várias iniciativas já  financiadas  pelo  fundo  constam, as  fábricas de  lacticínios, de sumos naturais,  unidades  de  produção, rotulagem  e  comercialização  de produtos  hortícolas, refeições condicionadas  e lanches escolares.
 

Assuntos Angola  

Leia também
  • 17/02/2017 14:51:01

    Portugal: Portugal vai mobilizar fontes de financiamento para agricultura angolana

    Lisboa - O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural de Portugal, Luís Capoulas Santos, afirmou hoje, em Lisboa, que Portugal é um parceiro privilegiado de Angola, razão pela qual nesta nova era de cooperação vão procurar fontes de financiamentos estáveis e plurianuais para o desenvolvimento de projectos no sector agrícola angolano.

  • 17/02/2017 07:22:37

    França: Banco Nacional de Angola reúne com Club de Paris

    Paris (Do enviado especial) - Uma reunião com duração de uma hora está marcada para hoje, sexta-feira, entre o Banco Nacional e Angola (BNA) e o Club de Paris, um fórum informal de países credores e devedores.

  • 16/02/2017 20:32:05

    Angola : AGT prevê lançar sistema aduaneiro automatizado neste semestre

    Luanda - O Sistema Automatizado de Processamento de Dados Aduaneiros (ASYCUDA), poderá ser lançado ainda no primeiro semestre deste ano, pela Administração Geral Tributária (AGT), com a aprovação do novo formulário de Declaração Aduaneira para a tributação de mercadorias, designado "Documento Único (DU)".