Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

09 Março de 2017 | 01h10 - Actualizado em 09 Março de 2017 | 01h10

Moxico: Mulheres rurais exibem potencialidades agrícolas

Camanongue - Mais de 100 mulheres rurais do município de Camanongue (Moxico) exibiram quarta-feira as suas potencialidades agrícolas no programa de combate à fome no seio das famílias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Presidente da Mulher Rural do Moxico, Justina Rebeca

Foto: kinda kyungu

Mulheres exibem potencialidades agrícolas

Foto: kinda kyungu

Durante o desfile que marcou as comemorações do 08 de Março, Dia Internacional da Mulher, as feirantes carregavam à cabeça bacias com mandioca, milho, feijão, batata-rena, batata-doce, matila, jimboa, kizaca, tomate, cebola, alho, beringela, alface, abacaxi, cana-de-açúcar, bombó e outros produtos do campo.

Na ocasião, a presidente do grupo de mulheres rurais no Moxico, Justina Rebeca, disse que a mulher não deixa de trabalhar, pois a política é contribuir na diversificação da economia para o desenvolvimento do país.

A responsável explicou que a demostração vem certificar, uma vez mais, o quanto os solos são férteis e com maior incentivo esta camada da sociedade pode ajudar o Governo no aumento da produção agrícola.  

Justina Rebeca fez saber ainda que na campanha agrícola 2017/2018 as suas filiadas apostaram, principalmente no cultivo do arroz, mandioca, batata-doce e rena, couve, abobora, beringela, tomate, cebola e citrinos.

No Moxico estão controladas 150 associações agrícolas da mulher rural.

Leia também
  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.

  • 01/02/2019 20:07:05

    Construção da barragem de Baynes estimada em USD 1,2 mil milhões

    Cacuso - A construção da barragem hidroeléctrica Binacional de Baynes, com início previsto para 2021, no rio Cunene, fronteira entre Angola e a Namíbia, está estimada em 1,2 mil milhões de dólares, avançou hoje (sexta-feira), em Malanje, o ministro angolano da Energia e Águas, João Baptista Borges.