Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

21 Março de 2017 | 06h00 - Actualizado em 20 Março de 2017 | 20h24

Angola: Inforfip prevê formar mais de três mil técnicos nacionais em gestão do OGE

Luanda - Três mil e 500 técnicos do sector administrativo público, incluindo os das missões diplomáticas de Angola, serão capacitados, até o final de 2017, em gestão orçamental e finanças públicas, pelo Instituto de Formação de Finanças Públicas (Inforfip), órgão adstrito ao Ministério das Finanças.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Paulo Ringote - Director do INFORFIP, no seminário de capacitação do Ministério das Finanças

Foto: Rosário dos Santos

Os quadros, entre os quais, secretários gerais e equipados, titulares de cargos  de direcção, chefia, técnicos superiores e médios, já começaram a  ser capacitados, de forma faseada,  desde a abertura  do ano formativo 2017 desta instituição pública, desde 13 de Fevereiro último.

Estes,  de acordo com  o director-geral do Inforfip, Paulo Ringote,  vão  aperfeiçoar  questão relacionadas com a gestão das finanças públicas, por meio da  formação  de quadros nacionais, orientada  por uma  administração moderna,  eficaz  e comprometida  com o desenvolvimento  de Angola.

Em declarações hoje à  Angop, Paulo Ringote,  adiantou que no caso dos gestores públicos destacados nas missões diplomáticas de Angola no exterior, estão em articulação com o Ministério das Relações Exteriores (MIREX), para a deslocação destes ao país, para a sua capacitação no domínio da gestão do erário público.

Gestão financeira pública, contratação pública, gestão patrimonial pública, contabilidade  pública  e  gestão de contas, receitas  locais e planeamento tributário, cálculo  financeiro, execução do orçamento nos serviços públicos, procedimentos da  contratação pública e inventariação de bens públicos, são entre  outros temas  agendados para as diversas fases dos cursos que serão ministrados ao longo de 2017.

O plano de formação do Inforfip para este ano de 2017 prevê, além da formação dos titulares com cargos de chefia, a formação de gestores dos municípios, com vista a aprimorarem técnicas correctas de gestão das finanças, de arrecadação de receitas e identificação das suas principais fontes de recursos.

A título específico, o responsável do Inforfip, disse que dispõem também  de cursos para o sector empresarial público, uma iniciativa  a integrar pela primeira  vez no pacote de formação desta instituição.

O plano de formação já elaborado vai fazer com que  a classe aperfeiçoe  conhecimentos que possibilitem o seu melhor desempenho, contribuindo  para o crescimento de Angola.

Temas como a economia empresarial, gestão de empresas públicas,  prestação de contas, finanças empresarial,  economia financeira e fiscalidade  empresarial são, entre outras  aulas a serem  ministradas à classe do sector empresarial público.

O Inforfip quer transformar-se numa academia de  finanças públicas de excelência, focada na investigação, geração e  disseminação do conhecimento e na formação de quadros, de acordo com o  responsável.


 

Assuntos Finanças  

Leia também
  • 17/03/2017 19:43:59

    Angola: Estado é o principal accionista do BPC

    Luanda - O Estado angolano, representado pelo Ministério das Finanças, o Instituto Nacional de Segurança Social e a Caixa de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas (FAA) são os principais accionistas do Banco de Poupança e Credito, no quadro do plano da sua Recapitalização e Reestruturação já aprovado em Conselho de Ministros.

  • 17/03/2017 18:53:40

    Angola: Secretários gerais apostam na qualidade da despesa pública

    Luanda - Secretários gerais a e directores do Gabinete de Estudo, Planeamento e Estatistica (GEPE) dos governos provinciais comprometeram-se hoje, em Luanda, a aumentar a qualidade da despesa pública, no quadro do cumprimento dos objectivos económicos e financeiros traçados pelo Executivo angolano.

  • 17/03/2017 18:06:10

    Angola e China assinam acordos para os sectores mineiro e das águas

    Luanda - Dois acordos ligados aos sectores das minas e do sistema de distribuição de águas foram rubricados hoje, sexta-feira, em Beijing, pelo ministro das Finanças, Archer Mangueira e responsáveis de duas instituições financeiras chinesas.