Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

18 Maio de 2017 | 17h49 - Actualizado em 18 Maio de 2017 | 17h49

Angola cria condições para domiciliar Fundo da SADC

Luanda - Uma comissão multissectorial para preparação das condições de elegibilidade para o acolhimento do Fundo de Desenvolvimento Regional da SADC (FDR-SADC) pelo Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) foi criado pelos ministérios das Finanças e das Relações Exteriores.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em despacho conjunto a que  a Angop  teve  acesso  nesta  quinta-feira, publicado   em Dário da Republica, nesta quarta-feira (17 de Maio), a  referida  comissão  será  coordenada  pelo secretário  do Estado do Tesouro do Ministério das Finanças,  Mário Nascimento.

O  Fundo de  Desenvolvimento Regional  da SADC  é um  mecanismo  financeiro destinado  a mobilizar  recursos  provenientes  dos estados membros,  do  sector  privado e das parcerias de cooperação  internacional  para  financiar  programas  e projectos da organização, em particular os relacionados às infra-estruturas e desenvolvimento  industrial.

Angola,   segundo o documento,  encontra-se entre os três estados membros da SADC,   neste Caso,  Botswana  e África do Sul,  que  reúne  as  condições  necessárias  para  albergar  o Fundo  de Desenvolvimento  Regional (FRD).

Entre  outras tarefas,  a  comissão  técnica criada vai traçar as  estratégias de implementação do FDR-SADC, a  nível  do Banco  de  Desenvolvimento  de  Angola (BDA),  efectuar consultas com  as  repúblicas  da  África do Sul e do Botswana, para  manifestar  a  disponibilidade e interesse de  Angola  em  domiciliar  o referido  Fundo.

Sendo assim, o BDA  prepara as  condições para preencher  inteiramente  os requisitos  de elegibilidade a que se impõem para  domiciliar  o FDR.

Com  vista a execução das suas tarefas,   a comissão  técnica  pode  solicitar  apoio  de entidades  especializadas.

Nesta comissão integram, os  directores  dos  gabinetes  de  Estudos  e Relações Internacionais do Ministério  das  Finanças,  o da  SDAC  do  Ministério  das Relações  Exteriores  e o presidente do conselho de administração  do Banco de Desenvolvimento  de Angola (BDA), Manuel  Costa. 

Assuntos SADC  

Leia também
  • 05/12/2016 15:48:06

    Angola deve integrar zona de comércio livre de forma gradual

    Luanda - A integração de Angola à Zona de Comércio Livre da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral SADC) deve ser gradual, isto é, de forma que permita a economia ganhar "músculos" face à concorrência acrescida de outros países, defendeu hoje o consultor da União Europeia, Fernando Vale.

  • 24/11/2016 15:43:13

    Angola: Entrada à zona de comércio livre da SADC depende de revisão de leis

    Luanda - A revisão da legislação sobre a metrologia, medidas sanitárias e fitossanitárias, e sobre o reequipamento dos laboratórios do país constituem, entre outros, alguns dos pontos que condicionam a entrada de Angola à Zona de Comércio Livre da SADC, disse hoje a secretária nacional da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), Beatriz Morais.

  • 24/11/2016 14:36:29

    Angola precisa de uma entidade coordenadora da qualidade

    Luanda - Um estudo sobre o sistema de qualidade de Angola e das necessidades de capacitação dos recursos humanos e das infra-estruturas neste domínio revelou que o país precisa de uma entidade que coordene a qualidade de tudo que é feito no país.