Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

26 Junho de 2017 | 16h59 - Actualizado em 26 Junho de 2017 | 18h45

Moxico: Empresários zambianos pretendem investir na província

Luena - Uma delegação de empresários zambianos trabalha desde hoje, na cidade do Luena, para identificar possíveis áreas de investimentos na província do Moxico.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Gerente da Agência de Desenvolvimento da Zâmbia, Félix Kaitisha

Foto: David Dias

Composta por quatro empresários, a delegação vai permanecer três dias na província, promovendo palestra sobre “importação de material de construção”, “importação de bens alimentares e não alimentares”, “importação de produtos agrícolas”, “transporte e logística”, “agências de serviços de frente”.

Em declarações à Angop, o chefe da delegação zambiana, Félix Kaitisha, após visitar algumas instituições públicas ligadas ao comércio, disse que se pretende negociar com empresários locais, para, a partir do último trimestre do ano em curso e princípio de 2018, estabelecer-se parcerias. 

A ideia, segundo o responsável, é realizarv um estudo do mercado para atrair outros empresários da Zâmbia a investir no Moxico.

Félix Kaitisha destacou a operacionalidade das vias terrestres, fluviais e, futuramente, a ferroviária, através do Caminho de Ferro de Benguela (CFB), para facilitar o processo de escoamento de produtos com celeridade e regularidade para as província do Moxico (Angola) e Senanga (Zâmbia).

A delegação de empresários visitou hoje as direcções provinciais do Moxico do comércio, hotelaria e turismo, agricultura, indústria, geologia e minas e dos transportes, correio e telecomunicações.      


 

Leia também
  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.