Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Julho de 2017 | 05h05 - Actualizado em 11 Julho de 2017 | 09h20

Construção de barragem em Angola analisada à margem da cúpula do G20

Ottawa - A construção da barragem hidro-eléctrica de Caculo Cabaça, na bacia do Médio Kwanza, foi abordada no encontro entre o Presidente chinês, Xi Jinping, e a Chanceler alemã, Angela Merkel, à margem da cúpula do G20, realizado na semana finda, em Hamburgo, Alemanha.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar sobre a reunião, ocorrida dois dias antes da Cimeira do G20, durante uma conferência de imprensa conjunta, Angela Merkel disse terem analisado, além dos planos para a assinatura de um acordo de livre comércio, a cooperação dos dois países no continente africano, tendo sido destacada a construção da barragem em Angola.  

Sob os acordos aprovados pelos dois líderes, Alemanha e China irão cooperar na construção da usina hidroeléctrica em Angola e o grupo alemão Siemens deverá apoiar os seus consórcios chineses na área da digitalização.

A construção da referida barragem, que deverá permitir a exportação de electricidade produzida no rio Kwanza para a Namíbia ou África  do Sul, resulta de um acordo entre a República de Angola e a China, rubricado em Novembro de 2016.

Segundo o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, o projecto hidro-eléctrico está programado para produzir 2.100 megawatts.

Leia também
  • 29/01/2019 20:31:53

    Reunião da bacia do rio Cunene decorre em Laúca

    Luanda - Delegações do Ministério da Energia e Águas de Angola da Namibia iniciaram hoje, na barragem de Laúca, em Malanje, 29ª reunião dos comités de trabalho do Gabinete do Projecto para construção da barragem de Baynes e o Grupo de Trabalho Calueque.

  • 28/01/2019 22:58:50

    Sector eléctrico trabalha no aumento da oferta de energia

    Luanda - O Ministério da Energia e Águas está a desenvolver um programa de construção de infra-estruturas de grande capacidade, que vai permitir aumentar a oferta de energia ao país.

  • 16/01/2019 13:03:16

    Centro logístico do Chinguar com mais energia

    Chinguar - O centro de logística e distribuição de produtos agrícolas, inaugurado em 2013 no município do Chinguar, terá energia eléctrica, com a entrada em funcionamento, este ano, da nova central térmica, com a capacidade de 1,5 megawatts.

  • 09/01/2019 19:16:39

    Chineses querem investir USD 10 mil milhões em Angola

    Lubango - Investidores chineses têm disponíveis dez mil milhões de dólares norte-americanos, para investir nas áreas de indústria, agricultura e investigação científica nos vários ramos do saber, anunciou hoje, no Lubango, província da Huíla, o ministro conselheiro da embaixada chinesa, Li Bin.