Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

12 Setembro de 2017 | 17h59 - Actualizado em 12 Setembro de 2017 | 18h04

Angola: Empresas angolanas participam na Feira Internacional de Macau

Luanda - Mais de cinquenta empresas angolanas vão participar na 22ª edição da Feira Internacional de Macau (China), a decorrer de 19 a 21 de Outubro próximo, visando a promoção dos produtos nacionais e a captação do investimento externo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Macau/China: Vista parcial da cidade de Macau

Foto: Por: Agostinho Kilemba

A informação foi avançada nesta terça-feira, em Luanda, pelo presidente da Confederação Empresarial de Angola (CEA), Francisco Viana, tendo apontado o café, a gingumba, o mármore e as bebidas como os principais produtos a serem expostos pelas empresas angolanas numa área de 300 metros quadrados.

Referiu que, além destes produtos, o sector cultural também estará bem representado, através da música angolana e peças artesanais.

O gestor, que falava à imprensa, após o acto de assinatura do protocolo entre a Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Angola (APIEX) e a CEA, para participação da classe empresarial angolana na feira, considerou o evento de extrema importância, por permitir reforçar a cooperação económica entre os investidores dos dois países.

Afirmou que, durante o evento, as empresas angolanas vão igualmente apresentar projectos sustentáveis e rentáveis para beneficiar de dois biliões de dólares, dos USD 20 biliões, disponibilizados pelo fundo chinês aos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

Por seu turno, o presidente do Conselho de Administração da Apiex, Belarmino Van-Dúnem, referiu que a assinatura do protocolo rubricado entre as duas instituições vai permitir a participação organizada e diversificada das empresas nacionais na feira de Macau.

Afirmou que nesta fase de internacionalização das empresas angolanas, a diversificação económica e a promoção das exportações  são necessária para dar relevância e primazia ao empresariado nacional, de modo a alcançar os objectivos traçados pelo Executivo angolano.

A Feira Internacional de Macau (FIM) é o principal evento internacional económico da região, realizado anualmente, sendo o único credenciado pela Associação Global da Indústria de Exposições (AGIE).

A 21ª edição da FIM decorreu de 20 a 22 de Outubro de 2016.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 11/09/2017 17:38:00

    Angola: Importação de bens atinge um milhão de toneladas

    Luanda - Um milhão 516 mil e 748,79 toneladas de carga é o volume total de bens diversos importados por Angola durante o primeiro trimestre de 2017, representando uma redução de 82 mil e 100,28 toneladas em relação ao mesmo período de 2016, de acordo com dados de actividade do Conselho Nacional de Carregadores (CNC) a que a Angop teve hoje acesso.

  • 11/09/2017 12:28:40

    Huíla: Diminui valor de receitas arrecadadas pelo Comércio

    Lubango - Quatro milhões, 989 mil e 852 Kwanzas é o valor arrecadado no segundo trimestre do ano em curso pela direcção provincial do comércio hotelaria e turismo da Huíla, na emissão de alvarás e licenciamento de estabelecimentos comerciais.

  • 09/09/2017 07:15:43

    Angola: Entrega de habitações na urbanização do Capari, destaque da semana

    Luanda - A entrega simbólica das primeiras 45 habitações do Estado aos clientes que concorreram pelo regime de venda ao público livre, no dia 6 de Julho deste ano, na urbanização do Capari, província do Bengo, constituiu destaque da semana económica que hoje (sábado) termina.