Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

29 Setembro de 2017 | 20h13 - Actualizado em 29 Setembro de 2017 | 20h12

Perfil biográfico do Ministro da Agricultura e Florestas

Luanda - O ministro da Agricultura e Florestas, Marcos Alexandre Nhunga, reconduzido no Governo do Presidente da República, João Lourenço, formou-se em Agronomia no Instituto Superior de Tashkent- Ubzequistão em 1990.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Marcos Alexandre Nhunga, Ministro da Agricultura e Florestas

Foto: Francisco Miudo

Nascido na localidade de Buco Zau, em Cabinda, a 13 de Novembro de 1960, foi chamado para integrar o Executivo a 05 de Setembro de 2016, data da sua primeira nomeação como ministro da Agricultura.

Fez os seus estudos básicos e secundários em Buco Zau.

Frequentou o Ensino Médio de mecanização agrícola no Instituto de Tecnologia de Holguin em Cuba, em 1980.

Depois da licenciatura, fez a Especialização em Extensão Rural, na Universidade de Wageningen - Holanda.

Em 1991, fez o curso de Gestão da Cultura de Algodão no Egipto.

Em 1992, foi nomeado Director Geral do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA).

De 1990 a1992 foi Chefe de Produção da AUP Nzinga Mbande em Cacuso, Malanje.

De 1993 a 1994 foi coordenador Nacional do Programa de Algodão

De 1994  a 1995 foi Director da Agricultura da World Vision Angola

Em 1996 foi Chefe de Departamento Nacional de Cooperação e Supervisão Técnica do IDA.

Em 2004 foi Director Provincial da Agricultura de Cabinda

De 2007 a 05 de Setembro de 2016,  data da sua nomeação como Ministro da Agricultura, exerceu o cargo de Director-Geral Adjunto para Área técnica

(IDA).

Marcos Alexandre Nhunga é membro do Comité Central do MPLA.

Fala Português, Russo, Espanhol, Francês, Inglês e Fiote.

Assuntos Agricultura   Governo Central  

Leia também
  • 02/02/2019 12:56:57

    Huíla: Caluquembe necessita de mais 50 técnicos agrícolas

    Caluquembe - O município de Caluquembe, a cerca de 193 quilómetros a norte do Lubango, província da Huíla, precisa de pelo menos 50 técnicos agrícolas para dar resposta às 225 associações e 50 cooperativas de camponeses nas comunas da Sede, Calepi e N'gola, que compreendem a circunscrição.

  • 02/02/2019 10:08:20

    Huíla: Caluquembe colhe 15 toneladas de café arábico em 2018

    Caluquembe - Quinze toneladas de café arábico foram colhidas no ano agrícola de 2018 no município de Caluquembe, província da Huíla, registando um aumento de mais sete toneladas em relação a 2017, anunciou hoje (sábado) o director local da Agricultura, Pecuária e Pescas, Eliseu José.

  • 31/01/2019 20:13:58

    Governador preocupado com o estado de abandono dos campos agrícolas

    Banga - O governador provincial do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho, manifestou-se preocupado com o estado de abando dos campos agrícolas do município da Banga, ocupados por alguns empresários da região.

  • 31/01/2019 15:53:36

    Angola tem produção significativa de manga

    Luanda - Angola não necessita de importar mais produtos como manga, milho e feijão, por serem culturas que abundam no país e por haver condições para produzi-las em grande escala, afirmou nesta quinta-feira, o secretario de Estado da Agricultura e Florestas, José Bettencourt.