Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Outubro de 2017 | 14h52 - Actualizado em 14 Outubro de 2017 | 15h03

Cabinda: Novo governador anuncia funcionamento das Térmicas de Malembo com gás

Cabinda - O novo governador de Cabinda, Eugénio Laborinho, anunciou que muito brevemente as Centrais Térmicas de Malembo passarão a funcionar com gás, como principal combustível, ao invés do gasóleo utilizado desde a sua inauguração.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cabinda: Novo Governador, Eugénio Laborinho

Foto: Pedro Parente


O facto foi avançado durante a reunião que manteve, sexta-feira, com os membros dos Conselhos de Auscultação e Concertação Social dos municípios de Belize e Buco-Zau, no âmbito da visita de constatação que efectua naquelas circunscrições.

Assegurou que essa será uma luta para que até entre finais de Novembro ou Dezembro do ano em curso as três turbinas, sendo duas de 35 mw cada e uma de 25 mw, começam funcionar a gás.

"Estamos prontos também em continuar a trabalhar durante esse período, para que se venha também resolver a situação ligada aos municípios do interior, buscando outras soluções como é o caso de energia hídrica ou solar", afirmou.

Preocupado com as constantes restrições que se verificam no fornecimento de energia às populações da cidade de Cabinda e Vila de Landana (Cacongo), Laborinho sustenta que a dependência do gasóleo não deve continuar a ser motivo para os apagões. "Temos que buscar outras alternativas".

Ao reconhecer a não conclusão de alguns projectos sociais devido à situação financeira actual, o governante disse que vai envidar esforços e manter contactos com as estruturas centrais para que os mesmos venham a ser concluídos nos seus prazos, melhorando assim os sectores da saúde, educação, energia e aguas, o lixo, para o bem-estar das populações.

Eugénio César Laborinho, que terminou a visita de constatação nos municípios do interior, sexta-feira, salientou que todas as questões encontradas apontam para o sector social.

"São as que mais tocam a sensibilidade da população. Por isso, vamos melhorar as vias terciárias e secundárias, construção de mais postos médicos e reforçar a capacidade do hospital regional Alzira da Fonseca", no município de Buco-Zau.

Sublinhou ainda que vai fazer uma governação de proximidade, tendo na ocasião, solicitado aos membros dos conselhos de auscultação na sensibilização das comunidades visando as acções participativas e interactivas, onde todos devem participar e dialogar directamente para o sucesso de uma boa governação.

Assuntos Gás  

Leia também
  • 15/11/2018 18:06:41

    Angola adere ao fórum de países exportadores de gás

    Luanda - Angola foi admitido nesta quarta-feira, 14 de Novembro, como membro observador do Fórum de Países Exportadores de Gás (GECF em inglês), durante a 20ª reunião ministerial do grupo, realizada em Port of Spain, Trinidad e Tobago, evento que coincidiu com o 10º aniversário da organização.

  • 07/09/2018 20:54:26

    Sonagás fornece cerca de 75 milhões pés cúbicos de gás ao ciclo combinado

    Soyo - Cerca de setenta e cinco milhões de pés cúbicos de gás natural é a quantidade que a Sonagás está desde Novembro de 2017 a fornecer diariamente à central do ciclo combinado instalada no município do Soyo, província do Zaire, informou o presidente da comissão executiva da Sonagás, Mário Graça.

  • 03/07/2018 16:35:23

    Angola LNG paralisa operações para manutenção

    Luanda - A unidade de processamento de gás natural liquefeito, Angola LNG, situada no Soyo, província do Zaire, regista uma paragem planeada para manutenção, neste mês de Julho, avançou hoje à Angop uma fonte da instituição.