Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

09 Fevereiro de 2018 | 15h45 - Actualizado em 09 Fevereiro de 2018 | 15h44

Reduz produção de rochas ornamentais em 2017

Lubango - A produção de rochas ornamentais na província da Huíla reduziu de 41 mil 713 metros cúbicos em 2016, para 36 mil e 168 em 2017, informou no Lubango, a directora do gabinete provincial da indústria, geologia e minas, Paula Baptista Joaquim.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Exploração de rochas ornamentais

Foto: MORAIS SILVA

Huíla: Fábrica de trsnformação de granito

Foto: MORAIS SILVA

Da quantidade produzida, 34 mil e 334 metros cúbicos foram exportados para Portugal, Espanha, Alemanha, Itália, China e Índia e geraram receitas de cinco milhões, 726 mil e 717 dólares, contra os sete milhões, 922 mil e 443 dólares de 2016.

Das empresas que contribuiram para produção de rochas,  destaca-se a Angostone com oito mil e 512 metros cúbicos, numa facturação de dois milhões, 337 mil e 715 dólares, bem como a HM Granito Lda. com sete mil 888 m3, comercializados a um milhão, 249 mil e 780 dólares.

Fez saber que a direção provincial da Huíla da Geologia e Minas controla 17 empresas de exploração mineira operacionais, das quais 12 são de rochas ornamentais, duas de britadeiras, um de areeiro, uma de material cerâmico e uma de agro-mineral.

A indústria, geologia e minas na Huíla arrecadou para a Conta Única do Tesouro, durante o período em análise, 79 milhões, 344 mil e 419 Kwanzas, contra os 101.575.144 do ano de 2016, em emissões de guias de exportação, alvarás, royalties e credencial para transporte de inertes.

Leia também
  • 08/11/2018 17:03:30

    Governo pede fim à fuga ao fisco

    Cuito - O governador da província do Bié, Pereira Alfredo defendeu hoje, na cidade do Cuito, a necessidade da Delegação das Finanças pôr fim à fuga ao fisco, para que o Estado possa aumentar a colecta de receitas.

  • 08/11/2018 16:55:53

    Moxico acena para investidor sul africano

    Luena - O governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba convidou nesta quarta - feira, no Luena, os empresários sul africanos a investirem em diversas áreas desta região, para contribuir no seu desenvolvimento sócio económico.

  • 05/11/2018 19:15:13

    Autoridades encerram mina ilegal de diamantes

    Cangamba - Uma mina de diamantes explorada de forma ilegal no rio Cussive, comuna do Muié, município dos Luchazes, foi encerrada hoje pelas autoridades governamentais da província do Moxico, no âmbito da " Operação "Transparência" em curso no país.

  • 05/11/2018 19:01:08

    Empresas aliciam sobas para permitir exploração ilegal de madeira

    Uíge - O administrador municipal em exercício de Ambuila, Geraldo Domingos Dendo, denunciou hoje a existência de empresas que aliciam as autoridades tradicionais fazendo falsas promessas para permitir a exploração ilegal de madeira na localidade.