Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

17 Novembro de 2018 | 02h06 - Actualizado em 17 Novembro de 2018 | 02h06

Cunene: Saco de cimento custa 2.500 kwanzas

Ondjiva - O saco de cimento de 50 quilogramas está a ser comercializado a 2.500 kwanzas, em alguns armazéns do mercado de Ondjiva, contra os mil e 800 do preço da fonte, afirmou sexta-feira, o presidente da Associação dos Construtores, Aires Alberto.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

escassez de Cimento acelera aumento do preço

Foto: Angop

Em declarações à Angop, o responsável disse que os problemas relacionados com a unidade fabril de Benguela, onde os revendedores do Cunene têm adquirido o produto, têm provocado transtornos na execução de vários projectos públicos, facto que tem influenciado na paralisação de algumas obras de construção civil na província.

Sem especificar a quantidade de cimento que a província necessita, Aires Alberto adiantou que a falta de um revendedor oficial tem provocado a escassez desse produto e consequentemente a subida de preço, levando a desistência de empreiteiros na realização de obras.

Afirmou que a unidade fabril de Benguela não tem conseguido responder, positivamente, as solicitações dos empresários do ramo de construção civil, facto que esta a dificultar o acabamento de obras em toda a extensão da província

Para contrapor esta situação, os empresários solicitam apoio do Governo no sentido de criar mecanismo junto da unidade cimenteira de Benguela, par colocar um revendedor oficial que faça chegar o produto ao Cunene com um preço justo.

Por outro lado, a vice-governadora provincial para o sector político, económico e social, Albertina Teresa José, afirmou que o Governo vai fazer deslocar uma equipa à fábrica de Benguela para encontrar uma solução deste problema.

Disse que a direcção do Comércio e Indústria está orientada para, ainda no decorrer deste mês, trabalhar junto do ministério de tutela e de outras unidades fabris, de modo que a província a exemplo de outras no país possa beneficiar do produto, sem o encargo de transporte acrescidos.

Leia também
  • 31/01/2019 16:44:04

    Censo agro-pecuário já dispõe de USD 24 milhões

    Ondjiva - O Instituto Nacional de Estatística (INE) dispõe já de 24 milhões, 999 mil e 907 dólares norte-americanos, para realização do Recenseamento Agropecuária e Pesca (RAPP) 2018/2019 no país, anunciou, em Ondjiva, Cunene, o director geral da instituição, Camilo Ceita.

  • 28/01/2019 19:06:01

    Província do Cunene já emite Alvará Comercial

    Ondjiva - A província do Cunene tornou-se hoje (segunda-feira) a décima sétima região do país a passar emitir localmente o documento Alvará Comercial no âmbito do processo de desburocratização dos serviços.

  • 21/01/2019 17:55:57

    Orçamento do Cunene com redução de AKz 11 mil milhões

    Ondjiva - A dotação financeira aprovada para província do Cunene no Orçamento Geral do Estado (OGE)/2019 é de 27 mil milhões, 636 milhões, 758 mil e 994 kwanzas, menos AKz 11 mil milhões, 844 milhões, 550 mil e 280 em relação ao inicialmente proposto.

  • 18/01/2019 19:23:37

    Governador apela ao cumprimento das obrigações fiscais

    Ondjiva - O governador do Cunene, Vigílio Tyova, apelou hoje, sexta-feira, em Ondjiva, aos empresários locais a cumprirem com rigor as suas obrigações fiscais, sob pena de estar sujeito a multas.