Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

27 Novembro de 2018 | 23h05 - Actualizado em 28 Novembro de 2018 | 10h50

Ministra realça contributo do mar no desenvolvimento da economia

Luanda - A ministra das Pescas, Vitória de Barros Neto, destacou nesta segunda-feira, em Nairobi, Quénia, o contributo das indústrias petrolíferas, pesqueiras e do transporte marítimo no crescimento da economia angolana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vitória de Barros Neto destaca extensão costeira (arquivo)

Foto: Angop

Segundo uma nota de imprensa do Gabinete de Comunicação Institucional do ministério das Pescas, a que a Angop teve acesso nesta terça-feira, em Luanda, a governante angolana discursava em representação do Presidente da República, João Lourenço, na Conferência Mundial sobre Economia Azul.

Referiu que a costa marítima angolana tem um enorme potencial sendo responsável por aproximadamente 60 por cento do Produto Interno Bruto Nacional, 40% dos quais da indústria petrolífera.

O evento, que encerra esta quarta-feira (28), junta 4 mil delegados entre chefes de Estado e membros de governo de vários países.

A economia azul é um conceito que reconhece a importância do mar, dos oceanos, dos rios e lagos no crescimento económico dos países. Recomenda a utilização dos seus recursos de forma sustentável e integrada.

Exige a introdução de mudanças estruturais de economia baseadas no funcionamento dos ecossistemas.

A delegação angolana ao evento integra quadros do Ministério das Pescas e do Mar, do Ambiente, dos Transportes, da Economia e Planeamento, Energia e Águas, além da Coordenadora da Comissão de Gestão da Academia de Pescas e Ciências do Mar do Namibe.

Leia também
  • 31/01/2019 11:10:30

    Município de Cacuaco perspectiva licenciar centenas de panificadoras

    Luanda - A direcção do comércio do município de Cacuaco perspectiva licenciar, a partir deste ano, aproximadamente mil panificadoras no âmbito do processo de transferência de competências do Ministério da Indústria para o Poder Local.

  • 03/01/2019 19:14:08

    IDF reforça produção de espécies em viveiro no Chipindo e Humpata

    Lubango - Duzentas mil espécies de plantas diversas disponíveis nos polígonos florestais dos municípios de Chipindo e Humpata, província da Huíla, com vista a sua plantação no âmbito do programa de combate à desertificação.

  • 31/12/2018 14:54:59

    Produção de carvão devasta dois mil hectares

    Lubango - Dois mil hectares de terras aráveis foram devastados em 2018, na província da Huíla, mais 350 hectares em relação a 2017, em consequência da actividade ilegal de produção de carvão vegetal.

  • 01/12/2018 00:12:59

    Apresentada campanha" cem mil projectos"

    Luanda - A primeira fase da campanha "cem mil projectos", que visa apoiar os empresários a nível de todo o país, foi apresentada hoje, sexta-feira. no municio de Viana, em Luanda, aos filiados da Confederação Empresarial de Angola (CEA).