Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

07 Março de 2018 | 15h39 - Actualizado em 07 Março de 2018 | 15h39

Banca vai continuar apoiar empreendedores

Benguela - A banca angolana vai continuar a conceder créditos de quatro a dez milhões de kwanzas, ao abrigo dos programas do Executivo direccionados ao jovem empreendedor, afirmou hoje o director do Instituto das Pequenas e Médias Empresas (INAPEM) em Benguela, Lino Kasevela Joaquim.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela: Director provincial do Instituto Nacional de Pequenas e Médias empresas (INAPEM), Lino Kasevela Joaquim

Foto: Rosário Miranda

Lino Kasevela Joaquim, que falava em declarações à Angop, a propósito das acções de promoção ao empreendedorismo, realizadas pela instituição nos últimos tempos, informou que em 2017 o INAPEM proporcionou a formação de seis mil  e 120 empreendedores, dos quais 180 no módulo “Como iniciar a sua empresa” e "como administrar a sua empresa”, no âmbito do programa Projovem. 

Para província de Benguela,  a banca comercial financiou no ano transacto, 28 projectos num total de 361 milhões e 28 mil kwanzas, sendo 17 no município de Benguela (136.707 mil), oito no Lobito (208.321.000), dois no Caimbambo (10 milhões) e um no município da Catumbela, avaliado em seis milhões de kwanzas. 

O director referiu que para uma melhor gestão dos seus negócios, o INAPEM formou empreendedores nos municípios de Benguela, Bocoio, Catumbela, Cubal Ganda e Baía-Farta que resultaram em 6.120 formados em gestão e a administração. 

Os jovens foram formados em gestão de negócios nas áreas piscatórias, agrícolas e de prestação de serviços.  

Por outro lado, indicou que no quadro do programa Angola Investe, desde o ano 2013 a província de Benguela certificou outras mil e 447 empresas, das quais mil e 163 micros, 158 pequenas e 126 médias empresas, que resultou na aprovação de 62 projectos, destes, 41 estão financiados e implementados.

 

Leia também
  • 30/01/2019 11:18:42

    Agentes económicos informados sobre programa de apoio à produção nacional

    Ganda - A classe empresarial do município da Ganda, província de Benguela, foi informada, nesta terça-feira, sobre as linhas de orientação para o apoio à produção nacional, cadastramento de produtores, sua localização e espécie de produtos a produzir, assim como o pessoal envolvido no processo.

  • 30/01/2019 11:09:29

    Camponeses da Canjala e Egipto Praia apreensivos por falta de chuva

    Lobito - Os camponeses das comunas da Canjala e do Egipto Praia, interior do município do Lobito, na província de Benguela, mostram-se apreensivos devido à falta de chuva na região, o que poderá comprometer o desenvolvimento da campanha agrícola 2018/2019, apurou hoje a Angop.

  • 28/01/2019 13:31:49

    Benguela: Extensão da rede mercantil nas prioridades do sector do Comércio em 2019

    Benguela - A abertura de um Centro Logístico de Distribuição (Clod) no município da Catumbela, para atender a região Sul do país, e de lojas da rede “Poupa Lá” na cidade da Ganda, constam das prioridades da direcção provincial de Benguela do Comércio, Indústria e Recursos Minerais para este ano.

  • 21/01/2019 19:31:31

    Descapitalização dos agricultores condiciona reactivação de fazendas agrícolas

    Ganda - Das cento e 67 fazendas agrícolas controlados actualmente no município da Ganda (Benguela), apenas seis foram reactivadas, devido a alegada descapitalização dos agricultores, informou hoje, segunda-feira, o director do Gabinete Provincial da Agricultura e Florestas, José Gomes Silva.