Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Março de 2018 | 12h41 - Actualizado em 09 Março de 2018 | 12h52

Benguela: Minério da RDC chega ao Porto do Lobito

Lobito - O primeiro comboio carregado de mil toneladas de manganês da região de Kisenge, província de Katanga, República Democrática do Congo, chegou nesta quarta-feira, ao terminal de contentor do Porto Comercial do Lobito, para depois seguir destino para os portos da China e Índia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Comboio(arquivo)

Foto: Gaspar dos Santos

O comboio que saiu da estação ferroviária da fronteira entre o município do Luau, província do Moxico (Angola) e município do Dilolo, província de Katanga (RDC) às 17h:40 minutos de segunda-feira, percorreu 1.344 quilómetros até ao Porto do Lobito.  

Em declarações à Angop, o director do gabinete do Corredor do Lobito, Nelson Martins, destacou a importância do Caminho de Ferro de Benguela (CFB) na exportação e importação de produtos de países integrados na zona de livre  comércio, no âmbito da Comunidade de Desenvovimento da África Austral (SADC). 

Nelson Martins fez saber que os países como a Zâmbia e Congo, sem acesso ao mar, são os principais beneficiários do Caminho de Ferro de Benguela. 

 Referiu que, fazem parte do corredor do Lobito o aeroporto internacional da Catumbela, empresa de asfalto “Angobetume”, “Angoflex, CFB, Porto do Lobito, Refinaria entre outros. 

Por seu turno, o ministro dos transportes angolano, Augusto da Silva Tomás que testemunhou a chegada primeiro comboio com 25 vagões levando consigo 50 contentores de 20 pés com manganês, rigozirou-se por se retomar o tráfego internacional do CFB. 

A reabertura do tráfego internacional entre o Caminho de Ferro de Benguela (CFB) e a Sociedade Nacional dos Caminhos de Ferro do Congo(SNCC) foi orientada pelo ministro dos transportes, Augusto da Silva Tomás e o primeiro vice ministros dos transportes da RDC, José Makila Samanda.

A cerimónia de recepção no terminal de contentores do Porto do Lobito foi também testemunhada pelo governador de Benguela, Rui Falcão, os presidentes dos Conselhos de Administração do CFB e Porto do Lobito, Agostinho Estevão Felizardo e Luís Teixeira, respectivamente, entidades eclesiásticas e convidados.

Leia também
  • 04/11/2018 19:40:32

    Feira de literacia financeira termina com mais de 16 mil visitantes

    Benguela - Dezasseis mil 928 pessoas visitaram a feira de educação financeira do Banco Nacional de Angola (BNA), de 27 de Outubro até hoje, domingo, no jardim 11 de Novembro, desta cidade, no quadro das festividades do 42º aniversário da instituição e do 31 de Outubro, Dia Mundial da Poupança.

  • 02/11/2018 10:13:46

    Fazenda Vista Alegre prevê aumentar produção de álcool etílico em 2019

    Lobito - Aumentar a produção de álcool etílico para cerca de 50 mil litros por dia, em 2019, de forma a satisfazer as necessidades do mercado nacional, é uma das metas da Fazenda Agro-industrial Vista Alegre, do grupo Alves & Irmãos, instalada na comuna do Cayave, município de Caimbambo, em Benguela.

  • 31/10/2018 20:05:16

    Defendida promoção de seminários de abordagem económica e financeira

    Benguela - O director do Instituto Nacional de Formação de Finanças Públicas (INFORFIP), Paulo Ringote, defendeu hoje, em Benguela, a necessidade da promoção de mais seminários que ajudam a melhorar a percepção da abordagem de natureza económica e financeira pública, no actual contexto da economia angolana, a nível local.

  • 31/10/2018 19:53:42

    Estudantes premiados pela conquista do concurso nacional de poupança

    Benguela - Três alunos, com idades compreendidas entre os 15 e 18 anos, das províncias do Cunene e do Namibe foram agraciados hoje (quarta-feira), com meios informáticos e audiovisuais pela conquista dos primeiros lugares do concurso nacional de educação financeira, promovido pelo Banco Nacional de Angola, de Abril a Agosto deste ano, em todo país.