Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

16 Maio de 2018 | 17h15 - Actualizado em 17 Maio de 2018 | 10h05

AGT prorroga prazo de pagamento do imposto industrial

Luanda - O prazo de entrega das declarações fiscais dos contribuintes dos grupos A e B, para o pagamento do imposto industrial referente ao exercício fiscal de 2017, foi prorrogado para dia 30 de Junho próximo pela Administração Geral Tributária (AGT).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Edifício do Ministério das Finanças

Foto: Angop

A entrega da declaração modelo 1 e o pagamento do imposto industrial  para o Grupo A  estava  previsto para  31 de Maio, enquanto a do Grupo B estava aprazado para 30 de  Abril.

Numa nota, distribuída nesta quarta-feira, a AGT justifica a necessidade de assegurar o procedimento  tributário  do  enquadramento dos contribuintes nos respectivos grupos de tributação junto das  repartições e postos fiscais,  sem que haja perturbações  ao  seu  funcionamento  normal,   nem constrangimentos aos contribuintes.

Com a  entrada   em vigor  da Lei nº19/14, de 22  de  Outubro, que  aprova   Código do Imposto  Industrial  em conjugação  com a Lei nº 18/14, de 22  de Outubro,   que  aprova  o Código  do Imposto sobre  os Rendimentos  do Trabalho, foram  redefinidos  os critérios  de enquadramento  dos contribuintes.

Os   modelos  de tributação  dos rendimentos  das pessoas  singulares  e colectivas, decorrentes  do exercício de actividade laboral, profissão  liberal, bem como actividade comercial, industrial  e de prestação de  serviços, respectivamente, também foram redefinidos.

Apesar  da reformulação  da legislação, de acordo com  a AGT,   subsistem  alguns  desafios  de implementação, os quais  resultam de  vários  factores, como a  necessidade  de se  proceder  ao efectivo enquadramento  dos contribuintes  nos  seus  respectivos  grupos,  bem como  o necessário  ajuste  administrativo no cadastro  geral  de contribuinte.

No seminário sobre Tributação realizado, recentemente, pela AGT, no qual participaram associações empresariais, o empresário Rui  Santos sublinhou que  determinadas  leis  aprovadas no parlamento angolano  não tiveram  em conta a  realidade actual do país.

“Tentamos igualar as  normas de  países que não tem e nem tiveram as dificuldades que temos e partimos para leis puristas ou melhor perfeccionistas,  que ignoram que 70% da economia  angolana é informal e as leis  foram  feitas apenas para outros 30%, o que cria constrangimentos  sérios”, observou Rui  Santos.

Assuntos Finanças  

Leia também
  • 25/10/2018 17:58:47

    Salários da função pública registam ajustamentos

    Luanda - A nova tabela salarial da função pública entra em vigor em Janeiro de 2019, uma medida do Executivo que visa acabar com as assimetrias salariais no funcionalismo público e promover o equilíbrio.

  • 24/10/2018 15:16:33

    Mais de 128 mil contribuintes fogem ao fisco

    Luanda - Cento e vinte e oito mil e 764 empresas, de um universo de 4,7 milhões de contribuintes controlados nas 18 províncias do país, constam da lista de incumpridores de pagamento de impostos à Administração Geral Tributária (AGT).

  • 23/10/2018 16:14:27

    Softwares para o IVA serão validados pela AGT

    Luanda - Os Softwares a serem utilizados pelos agentes económicos para implementação do Imposto de Valor Acrescentado (IVA) serão validados pela Administração Geral Tributária (AGT), disse nesta terça-feira, em Luanda, o Coordenador do IVA em Angola, Adilson Sequeira.

  • 18/10/2018 19:31:14

    AGT regista quebra no sistema de procedimentos aduaneiros

    Luanda - O acesso dos utilizadores às diversas funcionalidades do sistema integrado de gestão, que autoriza os processos e procedimento da actividade aduaneira ?Asycuda World? encontra-se limitado, devido à uma acentuada quebra de sinal registada desde o dia 12 do mês em curso, em consequência de problemas de internet.