Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

17 Maio de 2018 | 12h01 - Actualizado em 17 Maio de 2018 | 12h00

Ministro anuncia para breve arranque da campanha florestal

Cabinda - O ministro da Agricultura e Florestas, Marcos Nhunga, que desde quarta-feira se encontra em Cabinda, anunciou o arranque para breve da campanha florestal de 2018.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O governante, que falava quarta-feira, no encontro com os empresários do ramo florestal, disse ter já reunido com a associação dos madeireiros, em Luanda, e pediu-lhes alguma paciência porque tudo está a ser feito para o arranque em breve do ano florestal.

Marcos Nhunga sublinhou a necessidade de uma gestão sustentável dos recursos florestal, tendo em vista as futuras gerações e aproveitou a ocasião para pedir a compreensão dos empresários.

Durante a sua visita de três dias a Cabinda, Marcos Alexandre Nhunga vai hoje deslocar-se ao município de Buco-Zau, onde vai visitar as residências para técnicos expatriados, os viveiros das culturas de café, cacau e palmar e a brigada técnica do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF).

Ainda no Buco Zau, o ministro deverá deslocar à comuna do Necuto para a fazenda de cacau da Mota-Engil e seguir depois para a comuna do Tando Zinze, município de Cabinda.

Sexta-feira, o ministro vai trabalhar no município de Cacongo onde poderá visitar a serração da empresa HAL, as residências para técnicos expatriados, o viveiro de Tando Nzabi, plantação de Caumassabi, o palmar da dona Josefina Malonda e a plantação da HAl.

 

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 16/05/2018 18:34:33

    Primeira Região Tributária recupera mais de um bilião de kwanzas

    Cabinda - Um bilião e 700 milhões de kwanzas foram recuperados em 2017 pela primeira região tributária, através da cobrança de impostos atrasados, no quadro da implementação das acções previstas no plano de potenciação da receita tributária da Administração Geral Tributária (AGT).

  • 08/05/2018 15:26:17

    Maior quota de receitas fiscais deve reverter-se a favor da província

    Cabinda - O Conselho do Governo de Cabinda defendeu nesta que a maior parte das receitas resultantes dos impostos arrecadadas localmente sejam no futuro revertidas a favor da província.

  • 05/05/2018 19:02:03

    União Europeia aposta no sector agrícola em Cabinda

    Cabinda - A União Europeia vai apostar no sector da agricultura na província de Cabinda, no âmbito do seu novo plano de apoio ao desenvolvimento, em parceria com os ministérios da Economia e do Planeamento, avançou, nesta cidade, o embaixador acreditado em Angola, Tomás Ulicny.