Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

10 Agosto de 2018 | 15h55 - Actualizado em 13 Agosto de 2018 | 08h50

Ministério da Agricultura lança vacina contra Newcastle

Luena - A vacina "Newcastle", destinada à prevenção e tratamento de uma doença com o mesmo nome, que afecta as aves, foi lançada nesta quinta-feira, pelo Ministério da Agricultura e Floresta, no Luena, província do Moxico.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Director Geral do Instituto de Investigação Veterinária de Angola, António José

Foto: Kinda kyungu

A substância, que, numa primeira fase, está disponível em 129 mil doses, é produzida no laboratório do Lubango, província da Huíla, e começa a ser comercializada a partir da próxima semana.

Em relação ao preço da venda, o director geral do Instituto de Investigação Veterinário de Angola, António José, explicou que o sector vai discutir o preço, a ser fixado, com os parceiros dos serviços veterinários da direcção nacional de pecuária e associações de criadores de aves.

A intenção, segundo o director, é multiplicar a produção desta vacina nos laboratórios dos institutos das províncias de Malanje, Huambo e Benguela, para permitir a sua distribuição e venda nas outras regiões do país, com vista a minimizar o número de mortes de aves nas zonas rurais.

A Newcastle foi aprovada pelo laboratório africano “Panvac”, e de acordo com António José, será eficaz no tratamento de aves com a doença “Tchitoto” (Moxico)  e  “Tchiefo” (Huambo).

Outras vacinas, como a de prevenção contra a pnenumonia contagiosa bovina, poderão ser produzidas nos próximos tempos pelo Laboratório do Lubango.

A doença de é uma enfermidade viral, aguda, altamente contagiosa que acomete aves silvestres e comerciais, com sinais respiratórios, freqüentemente seguidos or manifestações nervosas, diarréia e edema da cabeça.

Leia também
  • 08/11/2018 16:55:53

    Moxico acena para investidor sul africano

    Luena - O governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba convidou nesta quarta - feira, no Luena, os empresários sul africanos a investirem em diversas áreas desta região, para contribuir no seu desenvolvimento sócio económico.

  • 05/11/2018 19:15:13

    Autoridades encerram mina ilegal de diamantes

    Cangamba - Uma mina de diamantes explorada de forma ilegal no rio Cussive, comuna do Muié, município dos Luchazes, foi encerrada hoje pelas autoridades governamentais da província do Moxico, no âmbito da " Operação "Transparência" em curso no país.

  • 04/11/2018 17:24:30

    Moxico: Campanha agrícola prevê produzir mais de um milhão de toneladas

    Léua - Um milhão e 565 mil toneladas de diversos produtos do campo é a previsão de colheita da campanha agrícola 2018/2019, na província do Moxico, aberta neste sábado, na localidade de Samaria, município do Léua, contra um milhão e 152 mil e 422,6 toneladas da época transacta.

  • 01/11/2018 09:38:24

    Secretário de Estado desmente devastação de Floresta

    Luena - O secretário de Estado da Agricultura e Florestas, André Moda, desmentiu nesta quarta - feira, no Luena, a alegada devastação de florestas da província do Moxico, por pratica ilegal dos madeireiros licenciados na região.