Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

22 Agosto de 2018 | 22h03 - Actualizado em 23 Agosto de 2018 | 08h54

Ministro quer maior rigor na fiscalização comercial

Malanje - O ministro do Comércio, Jofre Van-Dúnem dos Santos advogou hoje, quarta-feira, em Malanje, a necessidade de maior rigor na fiscalização do cumprimento da legislação comercial por parte dos estabelecimentos comerciais para salvaguardar a segurança alimentar e a garantia de bens e serviços de qualidade à população.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jofre Van- Dunem -Ministro do Comercio (ARQUIVO/ANGOP)

Foto: Gaspar dos Santos

O dirigente fez esse apelo após uma visita à algumas lojas da cidade de Malanje, nomeadamente AngoMart, Nosso Super, Popa Lá e Shoprite, onde constatou algumas irregularidades quanto ao armazenamento e falta de prazos de validade de determinados produtos.

" Tais aspectos devem ser corrigidos, de modo a não pôr em causa a qualidade dos produtos postos à disposição dos clientes e os inspectores do Ministério do Comércio e órgãos afins devem continuar a realizar actividades inspectivas para evitar situações do género", salientou.

O ministro do comércio cumpre desde hoje (quarta-feira), uma visita de trabalho de dois dias a província de Malanje, tendo para além dessas superfícies comerciais, visitado a Biocom (Companhia de Bioenergia de Angola), situada no município de Cacuso.

No prosseguimento da jornada, o dirigente procederá na quinta-feira (23), a inauguração do Processo de Descentralização dos Serviços de Impressão de Alvarás Comerciais a nível da província, da Cartilha sobre ética e Deontologia dos Funcionários do INADEC (Instituto Nacional de Defensa dos Consumidores), bem como reunirá com a classe empresarial.

Leia também
  • 22/08/2018 19:51:10

    Dívidas da Unicargas resultam de incumprimentos

    Luanda - A dívida de mais de nove biliões de kwanzas da Unicargas resultou do incumprimento de um contrato de gestão com o Porto de Luanda e da aquisição de peças para manutenção da sua frota de camiões, revelou hoje o presidente do Conselho de Administração da empresa, Celso Rosas.

  • 21/08/2018 18:52:50

    Angola busca reforço de investimentos alemães

    Luanda - Várias empresas alemãs dos sectores industrial, telecomunicações, energia e águas, construção civil, fiscalização de obras, equipamentos para indústria petrolífera têm negócios no mercado angolano, uma presença que o Presidente da República, João Lourenço, pretende ver reforçada com a visita de dois dias à Alemanha, a partir de quarta-feira.

  • 21/08/2018 18:17:31

    IVA deve ser mais divulgado à população

    Uíge - O secretário-geral do governo provincial do Uíge, Leonardo Kiala Bongo, defendeu hoje a necessidade de uma maior divulgação sobre as vantagens do Imposto sobre Valor Acrescentado (IVA) à população, em geral, e aos empresários, em particular.